Controlar medo pauta cuidados do Corinthians com Alexandre Pato

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com os médicos do clube, atacante só saiu de campo contra o Tijuana para evitar que uma pequena lesão mine sua confiança

Alexandre Pato fechou em 11 jogos sua primeira sequência pelo Corinthians. Um desconforto na coxa direita fez o atacante ser substituído depois de abrir o placar na vitória por 3 a 0 sobre o Tijuana, na última quarta-feira, no Pacaembu, mas nenhuma lesão foi detectada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

De acordo com os médicos do clube, há apenas uma mialgia, cansaço muscular que não causa grandes preocupações. O jogador só foi sacado - e ficará fora da rodada do fim de semana do Campeonato Paulista - para evitar que uma nova lesão, ainda que pequena, mine a confiança desenvolvida até aqui na temporada.

Leia também: Pato não tem lesão grave e recebe aval médico para jogar já neste sábado

Pato fez seu primeiro jogo pelo Corinthians em fevereiro, contra Oeste, e marcou gol. Foto: Daniel Augusto Jr/Agência CorinthiansPato lamenta gol perdido no empate contra o Botafogo de Ribeirão Preto. Foto: Gazeta PressPato no Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Ag. CorinthiansPato será opção no banco. Paulinho começa o jogo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansChicão, Pato, Alessandro, Cássio, Danilo Fernandes e Gil no avião que leva a delegação corintiana para Bogotá. Foto: Reprodução/InstagramAlexandre Pato celebra gol da virada do Corinthians. Foto: DJALMA VASSÃO / Gazeta PressDia da Síndrome de Down no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPoupado por Tite, Pato acompanha jogo com a namorada Barbara Berlusconi. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressA bola passa por Pato dentro da área e o atacante lamenta. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressPato comemora o primeiro gol do Corinthians contra o Tijuana. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressPato está confiante para duelo contra o Tijuana. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAlexandre Pato. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPato é atendido depois de sentir dores no tornozelo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansO médico e o fisioterapeuta do Corinthians analisam o tornozelo de Pato. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEdu Dracena tenta parar Alexandre Pato durante o clássico no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPato parte para cima de Léo durante clássico de Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansParceiros de seleção nas Olimpíadas de 2012, Neymar e Pato se reencontraram no clássico entre Santos e Corinthians no Morumbi. Foto: Gazeta PressPato conduz a bola e é acompanhado por Edu Dracena. Foto: Gazeta PressPato posa para foto com Leandrinho, que trata de lesão no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAlexandre Pato comemora o segundo gol do Corinthians diante do Millonarios. Foto: APAlexandre Pato tenta driblar goleiro do Bragantino. Foto: Gazeta PressPato celebra gol em sua estreia pelo Corinthians. Foto: Gazeta PressAlexandre Pato treina forte para o Paulistão. Foto: Agência CorinthiansPato chegou ao Corinthians nesta temporada. Foto: Gazeta PressAlexandre Pato deixou o estilo adolescente e adotou cabelo mais maduro para jogar no Corinthians. Foto: MontagemFoto de ensaio feito pelo Corinthians com seu mais novo contratado: Alexandre Pato. Foto: Agência CorinthiansEsta foto deixa claro que o Corinthians também vai explorar o lado galã do jogador. Foto: Divulgação/CorinthiansAtacante assinou por quatro anos com o clube. Foto: Divulgação/CorinthiansO atacante vai vestir a camisa 7 do Corinthians. Foto: Divulgação/CorinthiansPato com máscara, que, segundo o clube, identifica os contaminados pela paixão. Foto: Divulgação/CorinthiansAlexandre Pato posa para o site do Corinthians. Foto: Reprodução/Site do CorinthiansAlexandre Pato apareceu para o futebol no Internacional em 2006, aos 17 anos. Foto: Divulgação/Site oficial do InterCom o clube gaúcho, Pato foi campeão do Mundial de Clubes da Fifa em 2006. Foto: AFPAtacante brasileiro chegou ao Milan em 2007. Foto: Getty ImagesMelhor desempenho de Pato no Milan foi na temporada 2008/09, quando fez 18 gols. Foto: AFPAlexandre Pato comemora gol pela seleção. Atacante disputou a Copa América de 2011. Foto: ReutersPato também fez parte da seleção na campanha nas Olimpíadas de Londres, que terminou com a medalha de prata. Foto: Mowa PressPato comemora com o zagueiro Thiago Silva gol do Milan. Foto: AFPPato desperdiça pênalti em jogo do Milan. Foto: Getty ImagesAlexandre Pato fez apenas 25 jogos nas últimas duas temporadas pelo Milan, tendo marcado seis gols. Foto: Getty ImagesMilan aceitou proposta do PSG por Pato no início de 2012, mas atacante não aceitou a transferência. Foto: Reuters

Confiança foi uma palavra muito usada pelos fisioterapeutas e fisiologistas do Corinthians desde a chegada de Pato. O reforço de R$ 40 milhões vem de duas temporadas de muitos problemas musculares, algo que dificilmente sai da cabeça do atleta. A preocupação é lhe tirar o medo, algo feito gradativamente.

"Qualquer possibilidade de quebra de confiança, que era o objetivo inicial, poderia fazer cair por terra todo o trabalho. Uma vez que você é mordido por um cachorro, pode bater o medo de ser mordido novamente, mesmo que você passe por um animal melhor. O trabalho desses dois meses não podia ter essa marca negativa", afirmou o fisioterapeuta Bruno Mazziotti.

Segundo Mazziotti, a programação traçada apontava justamente para as 11 partidas disputadas em sequência por Pato. Como a série estava no final, os responsáveis pela preparação do atacante e a comissão técnica resolveram não correr nenhum risco.

"Ele já teve essa mialgia em outras ocasiões e o mantivemos em campo porque sabíamos que o risco de lesão era pequeno. Desta vez, como estávamos no fim da sequência que imaginamos para ele, não valia o risco. O momento foi propício", explicou o fisioterapeuta.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: Alexandre PatoBruno MazziottiCorinthians

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas