Atlético-MG é único 100% e já tem vaga nas oitavas garantida. Outros brasileiros ainda precisam suar a camisa para avançar

Atlético-MG, de Tardelli e Ronaldinho, é o único classificado e tem 100% de aproveitamento
Juan Karita/AP
Atlético-MG, de Tardelli e Ronaldinho, é o único classificado e tem 100% de aproveitamento

A fase de grupos da Libertadores entra em seu momento decisivo e contas começam a ser feitas pelos clubes brasileiros para conhecer o que eles precisam fazer para avançar às oitavas do torneio. Após quatro rodadas (o Palmeiras ainda tem três jogos), só o Atlético-MG tem vida fácil e classificação garantida. A equipe tem contudo a missão de realizar a melhor campanha desta fase e levar a vantagem de decidir todos seus confrontos de mata-mata em casa até uma eventual final. 

Veja o que cada clube precisa fazer para atingir suas metas na fase de grupo

Atlético-MG
Com quatro vitórias em quatro jogos, a equipe de Cuca foi a primeira a garantir classificação para as oitavas e já tem assegurada a primeira colocação no grupo 3. A meta agora é confirmar a melhor campanha desta fase. Para isso precisa de apenas mais uma vitória e um empate nos dois jogos que ainda vai disputar: contra o Arsenal, dia 3, e contra o  São Paulo no dia 17. O único time que pode chegar aos 16 pontos neste momento é o Real Garcilaso, do Peru, que tem sete pontos em três jogos do grupo 6.

Corinthians já soma duas vitórias no Pacaembu
Andre Penner/AP
Corinthians já soma duas vitórias no Pacaembu

Corinthians
Após quatro jogos, equipe soma sete pontos. A meta de Tite para garantir a classificação é somar mais quatro em dois jogos. O próximo será contra o Millonarios, dia 3, em Bogotá. Enfrenta ainda o San José, dia 10, no Pacaembu. A situação do Corinthians é confortável já que tem três pontos de vantagem para o San José, terceiro colocado e enfreta a equipe de Oruro no Pacaembu na última rodada. O Millonarios tem três derrotas em quatro jogos. 

Fluminense
Equipe se complicou nos jogos em casa e somou apenas um ponto como mandante. Para avançar sem sustos basta manter a boa performance como visitante (são duas vitórias) e devolver a derrota sofrida para o Grêmio no Rio em Porto Alegre no dia 10 de abril. O Fluminense lidera a chave com sete pontos, mas derrota contra rival gaúcho, vice com seis pontos, pode complicar já que o Caracas, também com seis, recebe o Huachipato (com quatro) na Venezuela. A partida entre os dois será uma semana antes do duelo em Porto Alegre, dia 3 de abril. Na última rodada, dia 18, o Flu recebe o Caracas e o Grêmio visita o Huachipato.

Grêmio caiu para o Caracas e pode se complicar
Fernando Llano/AP
Grêmio caiu para o Caracas e pode se complicar

Grêmio
A derrota para o Caracas na última rodada obriga a equipe a não vacilar no seu último jogo como mandante na fase de grupos contra o Fluminense. Derrota do Grêmio em Porto Alegre combinada à vitória do Caracas contra o Huachipato dá chance de Flu e Caracas se enfrentarem na última rodada precisando apenas de um empate para ambos avançarem.

Palmeiras
Único brasileiro com três jogos, o time de Gilson Kleina perdeu dois jogos como visitante mas tem tem sequência de duas partidas em casa para encaminhar a vaga. Para isso, vencer o Tigre, dia 2 de abril no Pacaembu, é fundamental. O grupo 2 é liderado pelo Libertad com oito pontos e tem o Sporting Cristal, com cinco, na vice-liderança. As duas equipes têm quatro jogos. Palmeiras e Tigre, com três, fazem uma decisão, portanto. Depois dos argentinos, o Palmeiras recebe o Libertad no dia 11 de abril e encerra sua participação contra o Sporting Cristal, em Lima, dia 18.

Derrota para o Arsenal dificulta classificação do São Paulo
Alberto Murray/AP
Derrota para o Arsenal dificulta classificação do São Paulo

São Paulo
Depois de ficar para trás no grupo do Atlético-MG, classificação em segundo no grupo é a única saída para evitar uma eliminação precoce. Para tanto, o São Paulo precisará superar a altitude de La Paz na próxima rodada, dia 4 de abril, quando visitar o Strongest. Com quatro pontos, o time paulista está um a frente dos bolivianos. O Arsenal, também com quatro, joga contra o Atlético-MG em Belo Horizonte e se não perder chegará à última rodada com chances de classificação ao enfrentar o Strongest em Sarandí. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.