São Caetano descarta punição a Jóbson: “Treina certinho e chega na hora”

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Diretor de futebol do clube avisa que atacante tem cumprido suas obrigações e não vê motivos para puni-lo por ter sido acusado de agredir mulher

Adriano Lima / News Free/Gazeta Press
Jóbson deixa a delegacia após prestar depoimento em São Caetano do Sul

A mais nova confusão em que Jóbson se envolveu não preocupa o São Caetano. Depois de o jogador ter sido acusado de agressão por sua mulher, o diretor de futebol do time do ABC, Genivaldo Leal, descartou qualquer punição ao jogador.

Acusado de agredir a mulher, atacante Jóbson é detido pela polícia

"Não temos nada a ver com isso. A questão particular é problema dele. Aqui, ele treina certinho e chega na hora. Só penso nele quando está treinando ou jogando aqui", afirmou o dirigente.

Jóbson foi acusado de agressão por Thayne Bárbara, na madrugada desta terça-feira. Por isso, o jogador foi levado à delegacia de São Caetano do Sul para prestar esclarecimento. Por meio de sua assessoria, o atacante informou que não vai dar qualquer detalhe sobre o assunto, por considerá-lo de ordem particular.

O diretor do São Caetano tem o mesmo pensamento do atleta. "No São Caetano, ele não faz mal a ninguém e está cumprindo tudo o que foi combinado", acrescentou Genivaldo Leal.

Emprestado pelo Botafogo ao São Caetano, Jóbson tem 25 anos e chegou ao clube do ABC no início desta temporada, adotando o discurso de que deixaria no passado as polêmicas de sua carreira.

"Estou aqui para ter uma vida nova. Quero voltar a jogar bem. Meu passado que se exploda. Esse é o Jobson. Ousadia e alegria!", afirmou o atleta, na véspera da partida contra o São Paulo, em fevereiro.

Leia tudo sobre: jóbsonsão caetanogenivaldo lealacusadoagressãoge.net

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas