Ferrugem levou um carrinho do atacante Danielzinho e teve uma fratura que deixou o pé esquerdo pendurado

A vitória da Ponte Preta sobre o São Caetano foi marcada por uma contusão grave sofrida por Ferrugem. Ainda no início do confronto, o volante da Macaca levou um carrinho do atacante Danielzinho e teve uma fratura que deixou o pee do atleta pendurado.

Danielzinho (esq.) e Ferrugem em lance anterior à falta que causou a fratura no volante da Ponte
Futura Press
Danielzinho (esq.) e Ferrugem em lance anterior à falta que causou a fratura no volante da Ponte

Além da fratura no tornozelo, foi confirmado no hospital o rompimento de ligamentos. O departamento médico do clube campineiro ainda passará maiores informações, mas já é certa a necessidade de cirurgia.

Danielzinho, que não foi expulso na jogada, ficou bastante constrangido. "Em momento nenhum fui na maldade. Não sou marcador, cheguei atrasado. Faltou um pouco de experiência na marcação, sou atacante. Fico triste, é um companheiro de trabalho", afirmou.

E a séria lesão não sensibilizou os responsáveis pela partida. O volante não foi liberado do exame antidoping e, se fosse sorteado, teria de voltar ao estádio para oferecer a amostra de urina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.