Geninho revela interesse do Avaí, mas nega deixar São Caetano

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Mesmo dirigindo o lanterna do Campeonato Paulista, técnico disse que não pretende deixar a equipe do ABC

Apesar da lanterna do Campeonato Paulista, o técnico Geninho não pensa em deixar o São Caetano. Pelo menos é o que o comandante do Azulão afirmou ao Diário Catarinense nesta segunda-feira após ser sondado pela diretoria do Avaí para assumir o cargo de treinador na Ressacada.

Getty Images
Geninho, técnico do São Caetano

O time catarinense ficou sem comando no último domingo, quando Sergio Soares foi demitido pela derrota por 4 a 3 para o Atlético Hermann Ainchinger e o nome de Geninho surgiu com força nos bastidores do clube. A empolgação, no entanto, foi freada com as declarações do técnico de 64 anos.

"Não soube de nada concreto. Cheguei a ouvir do meu empresário sobre um possível interesse, mas nada oficial chegou até mim. Estou no São Caetano e não tenho a intenção de deixar o clube neste momento", ressaltou o comandante, que agradeceu ter o nome especulado pelos avaianos: "Todo profissional fica contente em ter seu trabalho valorizado. Mas agora não há nada com o Avaí."

Depois de terminar o primeiro turno do Campeonato Catarinense em posição intermediária e com 12 pontos, o Avaí iniciou mal a caminhada no segundo turno com a derrota para o Hermann Aichinger. O próximo compromisso azurra acontece neste domingo às 18h30 (de Brasília) contra a Chapecoense, campeã do primeiro turno.

Leia tudo sobre: avaísão caetanogeninhoigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas