Cuca cobra postura cautelosa do Atlético-MG contra o The Strongest em La Paz

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Os laterais, Marcos Rocha e Júnior César terão pouca liberdade para avançar, deixando esta função para Bernard e Tardelli

Flickr/Atlético-MG
Cuca, técnico do Atlético-MG

O técnico Cuca tem o time do Atlético-MG pronto para o jogo de quarta-feira, contra os bolivianos do The Strongest, na altitude de La Paz. O comandante vai escalar exatamente a mesma formação que venceu o time da Bolívia na semana passada, mas a postura da equipe em campo será diferente.

A ideia de Cuca é adotar a cautela, evitando agredir o adversário com quatro, cinco jogadores de uma única vez. Os laterais, Marcos Rocha e Júnior César terão pouca liberdade para avançar, deixando esta função para Bernard e Tardelli.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Apesar da cautela atleticana, o treinador do The Strongest, Eduardo Villegas, espera muitas dificuldades contra o time mineiro e já declarou que vai fazer marcação especifica para diminuir os espaços do Atlético-MG. "Teremos um pouco mais de atenção para não dar tantos espaços, para que ele (Ronaldinho) não tenha espaço para receber a bola e provocar os danos que provocou em nossa equipe em Belo Horizonte", disse.

Villegas não esconde a preocupação com Ronaldinho, mas deixa claro que o Atlético-MG tem outras peças individuais que podem desequilibrar o jogo em favor dos brasileiros. "Vamos ter um cuidado especial, mais restrito, por que o futebol de qualidade passa por ele", comentou.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: atlético-mgcucacopa libertadores 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas