Chicão não atuava desde a vitória sobre o Chelsea, que deu ao clube o título mundial em 16 de dezembro

Chicão em ação contra o Ituano
Ale Cabral/ Futura Press
Chicão em ação contra o Ituano

A atuação de Chicão em sua primeira partida na temporada 2013 não encheu os olhos. O zagueiro teve bastante dificuldade na vitória por 3 a 2 do Corinthians sobre o Ituano, no último sábado, e ficou longe de ameaçar o posto que vem sendo ocupado por Gil desde o início do ano.

E mais: Corinthians marca no fim e volta a vencer no Paulistão após cinco partida

"Foi importante voltar a estar dentro de campo, voltar a vencer",disse o beque de 32 anos, que sofreu com a falta de entrosamento com Felipe - outro que não foi bem defensivamente, apesar de ter marcado o gol decisivo no triunfo alvinegro no Pacaembu.

Chicão não atuava desde a vitória sobre o Chelsea, que deu ao clube o título mundial em 16 de dezembro. Ele voltou das férias com dores no joelho esquerdo e teve de passar por uma artroscopia para se recuperar da lesão detectada no menisco medial.Um mês era a previsão de retorno, prazo ampliado em duas semanas porque simplesmente não havia pressa. Gil chegou da França mostrando segurança e rapidamente conquistou a confiança do técnico Tite, formando a dupla de zaga alvinegra com Paulo André.

Com os titulares de volta na próxima quarta-feira, contra o Tijuana, em partida válida pela Copa Libertadores, Chicão ficará novamente no banco de reservas. Ou nem isso, caso Tite esqueça as deficiências técnicas de Felipe e coloque fé no ritmo de jogo do beque mais jovem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.