Motivado, Seedorf comemora primeira final pelo Botafogo

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia holandês nega frio na barriga antes da final da Taça Guanabara, no domingo, diante do Vasco

Prestes a disputar sua primeira final pelo Botafogo, o holandês Seedorf afirmou nesta sexta-feira que está motivado para a decisão. No entanto,  o meia ressaltou que o Alvinegro deve se acostumar a brigar por títulos para se tornar cada vez mais forte. A partida decisiva contra o Vasco será disputada neste domingo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Seedorf comemora seu gol durante partida contra o Resende

"Estou motivado. Qualquer taça é uma taça importante. Sempre é melhor ganhar do que perder, se acostumar a vencer é importante, principalmente para o Botafogo, para esse grupo. Não há frio na barriga, há uma leve preocupação para ter atitude igual ou melhor do que no jogo contra o Flamengo. O time tinha que jogar, fazer o gol, mas sempre mostrou capacidade de reação e precisava reagir naquela hora", disse ao site do clube.

Segundo Seedorf, a motivação antes do duelo contra o Flamengo na semifinal era grande por conta do jejum de vitória sobre o rival. Como o Botafogo tem um histórico de vitória sobre o Vasco em decisões, o meia espera o rival com mais vontade do que o normal.

"Na semifinal, estava confiante na motivação extra, depois de tantos anos que o Botafogo não conseguia vencer o Flamengo. Agora, precisamos estar preparadíssimo para um Vasco bastante motivado. Se não tiver a mesma garra, a mesma cabeça, vai ser muito complicado. O Botafogo está bem, mas tem, nesses dois dias, que trabalhar para chegar no jogo com atitude de vencedor", declarou.

O holandês já conquistou um título sobre o Vasco, em 1998, no Mundial de Clubes, pelo Real Madrid. Seedorf lembrou da partida, mas acredita que os cruz-maltinos merecem respeito por terem eliminado o Fluminense.

"É uma boa lembrança. Foi um jogo difícil, me lembro, disputado, como vai ser esse. Vi o Vasco contra o Fluminense, atual campeão brasileiro, teve atuação muito boa. Tem que respeitar muito esse time, preparar a cabeça para disputa muito forte. A diferença vai ser a parte mental, psicológica", finalizou.

Leia tudo sobre: seedorfbotafogo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas