Vocalista do Charlie Brown Jr era torcedor fanático do Santos e sempre aparecia com a camisa do time

Quando voltou ao Santos, em 2010, Robinho foi recepcionado por Chorão na Vila Belmiro
Gazeta Press
Quando voltou ao Santos, em 2010, Robinho foi recepcionado por Chorão na Vila Belmiro

O atacante Robinho e o meia Elano usaram seus respectivos perfis em uma rede social para lamentar a morte de Chorão , vocalista do Charlie Brown Jr, encontrado sem vida nesta quarta-feira em seu apartamento, na zona oeste de São Paulo.

E mais: Santos homenageia Chorão e divulga vídeo sobre o "eterno Menino da Vila"

Robinho, por exemplo, divulgou uma foto em que aparece no palco ao lado do cantor. "Descanse em paz, Chorão. Luto", escreveu. Torcedor do Santos, o vocalista foi o responsável pela condução da cerimônia de apresentação oficial do atacante na Vila Belmiro em 2010, na segunda passagem do jogador pelo clube. Como aquecimento para a chegada de Robinho, houve, inclusive, um show do Charlie Brown Jr.

Já Elano publicou uma foto ao lado do cantor em um restaurante, também se dizendo "triste, de luto" e torcendo para que o cantor "vá com Deus".

Chorão, cujo nome de batismo era Alexandre Magno Abrão, foi encontrado morto nas primeiras horas desta quarta-feira, na sua residência, no bairro de Pinheiros. O delegado Itagiba Vieira, que investiga o caso, afirmou que hipótese mais provável é que ele tenha morrido pela ingestão "de algum medicamento ou outra substância", mas disse que vai esperar pelo laudo do Instituto Médico Legal para confirmar a causa da morte. O músico tinha 42 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.