Decisão sobre recurso corintiano contra punição imposta pela entidade foi adiado para quinta

Corinthians jogou de portões fechados há uma semana. Expectativa é reverter punição
AP
Corinthians jogou de portões fechados há uma semana. Expectativa é reverter punição

O Corinthians trabalhava desde o início da semana com a informação de que a Conmebol julgaria nesta quarta-feira o recurso do clube que pedia a revisão da punição sofrida pelo clube em relação ao fechamento dos portões em seus jogos como mandante na Libertadores.

Deixe seu comentário para esta notícia

No fim desta tarde, contudo, a entidade negou que houvesse uma reunião marcada e informou que a decisão ficou para quinta-feira, às 15h de Brasília. .

O porta-voz da entidade, Nestor Benítez, falou à rádio ESPN  sobre a não existência de um julgamento agendado. A informação contradiz o que havia falado o brasileiro Caio Rocha, presidente do Tribunal Disciplinar, órgão responsável pela análise do incidente.

Rocha não participa do julgamento por ser brasileiro, mas se mantém informado sobre as atividades do órgão que preside. Luiz Alberto Bussab, advogado do Corinthians, chegou a confirmar o horário da reunião (16h, de Brasília), que seria realizada na sede da Conmebol, no Paraguai, com portas fechadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.