"Fizeram uma reunião lá na associação dos árbitros pra me fo... Vocês querem me fo...’" diz o texto enviado pelo árbitro à Federação Gaúcha de Futebol

Dunga no comando do Internacional
Edu Andrade / Fatopress/Gazeta Press
Dunga no comando do Internacional

O técnico Dunga está confirmado na casamata colorada para a decisão da Taça Piratini, domingo, contra o São Luiz. O TJD-RS julgará a expulsão do treinador colorado somente na próxima semana, o que garante sua presença na decisão, que ocorrerá no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí, terra natal do Capitão do Tetra.

E mais: São Luiz contradiz o Internacional e mantém final da Taça Piratini em Ijuí

No entanto, Dunga, caso seja condenado, pode pegar de 15 até 180 dias de suspensão, na pior das hipóteses. Isto porque ele deve ser julgado com base no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em desrespeito à equipe de arbitragem. O técnico colorado foi expulso neste domingo pelo árbitro Francisco Silva Neto, durante a vitória do Inter sobre o Esportivo, por 2 a 0.

Neto registrou em súmula os palavrões proferidos por Dunga, o que pode comprometer sua situação. "Cabe salientar que, após ter sido expulso, saiu falando as seguintes palavras: ‘fizeram uma reunião lá na associação dos árbitros pra me fo... Vocês querem me fo...’" diz o texto enviado pelo árbitro à Federação Gaúcha de Futebol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.