Em noite de Cristiano Ronaldo e Giggs, United decide vaga com Real Madrid

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Primeiro duelo entre os times pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, na Espanha, foi 1 a 1. Borussia defende vantagem contra Shakhtar

Real Madrid e Manchester United se enfrentam, nesta terça-feira, às 16h45 (de Brasília), na partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. O duelo, que coloca dois dos principais favoritos ao título europeu, marcará o reencontro de Cristiano Ronaldo com o Old Trafford depois de quatro anos, além do milésimo jogo de Ryan Giggs, 40 anos de idade e 25 de clube.

Quem avança às quartas de final: Manchester United ou Real Madrid? Opine

Vivendo sua melhor fase na carreira, Ronaldo fará sua primeira partida no estádio do United desde que trocou a Inglaterra pela Espanha. Com a camisa do Real Madrid, marcou 186 gols em 184 partidas, contra 118 gols em 292 partidas como jogador do Manchester. Torcedores dos Red Devils prometem homenagem ao português, considerado ídolo na cidade.

Cristiano Ronaldo foi o grande herói da classificação de Portugal para Copa do Mundo. Foto: Frank Augstein/APCristiano Ronaldo vibra após marcar gol que definiu vitória do Real Madrid sobre o Elche. Foto: APCristiano Ronaldo chuta para marcar na vitória por 3 a 2 do Real Madrid sobre o Levante fora de casa. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora gol da vitória do Real Madrid sobre o Levante fora de casa. Foto: APCristiano Ronaldo é marcado por Portillo no jogo entre Real Madrid e Málaga. Foto: Denis Doyle/Getty ImagesCristiano Ronaldo toca por cima de Buffon para marcar gol do Real Madrid sobre a Juventus. Foto: Antonio Calanni/APCristiano Ronaldo comemora gol feito na vitória do Real Madrid. Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty ImagesCristiano Ronaldo lançou sua linha de roupas íntimas, a CR7 underwear. Foto: DivulgaçãoCristiano Ronaldo marcou três na goleada do Real por 7 a 3 sobre o Sevilla. Foto: Andres Kudacki/APCristiano Ronaldo comemora gol do Real Madrid sobre a Juventus pela Liga dos Campeões. Foto: APCristiano Ronaldo mostra chuteira e coleção de roupas. Foto: DivulgaçãoMessi e Cristiano Ronaldo. Foto: Getty ImagesO presidente da Fifa Joseph Blatter cumprimenta Cristiano Ronaldo na chegada da premiação da Fifa. Foto: Getty ImagesDi Maria e Cristiano Ronaldo no Real Madrid. Foto: ReutersFesta de Cristiano Ronaldo na goleada do Real Madrid para cima do Getafe. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo lamenta gol perdido . Foto: APCristiano Ronaldo teve dia de vilão, marcando contra o gol da derrota do Real Madrid diante do Granada. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo disputa a bola com Juan Carlos Paredes. Foto: APKaká comemora o primeiro gol do Real Madrid com Cristiano Ronaldo e Benzema. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora um dos três gols que marcou na vitória por 4 a 1 sobre o Sevilla neste sábado. Foto: APCristiano Ronaldo e Ferdinand juntos no Manchester United, em 2008. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora de maneira discreta o gol do Real Madrid. Foto: APCristiano Ronaldo marcou duas vezes pelo Real Madrid. Foto: APCristiano Ronaldo comemora após balançar as redes do Barcelona. Foto: APPiqué conversa com Cristiano Ronaldo. O português começou a partida no banco de reservas. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo x Manchester United. Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty ImagesCristiano Ronaldo passa pela marcação de Rafael no Old Trafford. Foto: Alex Livesey/Getty ImagesFaixa no Old Trafford homenageia Cristiano Ronaldo, ex-United. Foto: Jon Super/APCriança quer o retorno de CR7 ao United, mas pede que ele não faça gols . Foto: Jasper Juinen/Getty ImagesCristiano Ronaldo marcou os dois gols do Real Madrid na vitória sobre o Celta de Vigo. Foto: Lalo R. Villar/APCristiano Ronaldo marcou gol na vitória do Real Madrid, que levou a melhor sobre o United e se classificou na Liga dos Campeões, mas não comemorou. Foto: Jasper Juinen/Getty ImagesCristiano Ronaldo em ação por Portugal contra Israel. Foto: AFPCristiano Ronaldo lamenta chance perdida n o empate de Portugal contra Israel. Foto: AP/Ariel SchalitCristiano Ronaldo abraça o brasileiro Marcelo depois de marcar para o Real Madrid contra o Real Zaragoza. Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty ImagesCristiano Ronaldo: craque, artilheiro e grande ídolo da torcida do Real Madrid. Foto: Getty ImagesPepe e Cristiano Ronaldo mostram a taça da Supercopa da Espanha, primeiro título do Real na atual temporada. Foto: EFEMessi e Cristiano Ronaldo se cumprimentam antes de clássico na Espanha. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora gol de Portugal na Euro 2012. Foto: ReutersAtacante não esconde tristeza após eliminação na semifinal, após disputa de pênaltis com a Espanha. Foto: APCasillas e Cristiano Ronaldo vibram na festa do 32º título espanhol do Real Madrid, na última temporada. Foto: APCristiano Ronaldo se transferiu ao Real Madrid em 2009. Foto: APEm 2008, Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa. Foto: Getty ImagesAo lado dos companheiros de Manchester United, Cristiano Ronaldo celebra título da Liga dos Campeões de 2008. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora gol pelo Manchester United. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo se juntou ao Manchester United em 2003, após iniciar a carreira no Sporting de Lisboa. Foto: Getty ImagesAos poucos, português foi ganhando espaço no time de Alex Ferguson. Foto: Getty Images

Ex-companheiro de Ronaldo, o lateral esquerdo Patrice Evra aprova a ideia de homenagear o português, mas não quer vê-lo inspirado para tentar reverter a pequena vantagem que o Manchester United tem por ter empatado em 1 a 1 no Santiago Bernabéu - o gol dos espanhóis foi marcado pelo camisa 7.

"Cristiano terá uma grande recepção por conta do que ele conseguiu para o Manchester United. Os torcedores jamais esquecerão o que ele fez e ele ainda ama o clube. Após o jogo em Madri, conversamos. Ele disse que seria difícil vir até aqui. Essa é a casa dele, então haverá muita emoção. Eu espero que ele não jogue bem por causa disso", brincou o jogador francês, que dividiu os vestiários do Old Trafford com Cristiano Ronaldo por seis anos.

O polivalente Giggs, que deve iniciar o duelo contra o Madrid, foi poupado do jogo do final de semana contra o Norwich, pelo Campeonato Inglês, assim como Rio Ferdinand e o brasileiro Rafael. Com 999 jogos na carreira, o galês aposta na experiência para reverter o retrospecto negativo do time inglês contra o Real Madrid nas competições europeias - três eliminações em quatro encontros.

"Esses são os jogos que você vai sentir falta quando parar de jogar. Chegando ao final da carreira, como eu, tento aproveitar e saborear tanto quanto puder. Tento assumir uma posição e produzir passes para complicar os defensores. Ser efetivo em campo é o que importa", destacou o experiente jogador.

Para o confronto, Alex Ferguson não poderá contra com Phil Jones, que ainda não se recuperou de uma lesão no tornozelo e desfalcará a zaga inglesa. Ferdinand e Jonny Evans disputam uma vaga para ser parceiro de Vidic. Paul Scholes tem problemas no joelho e é dúvida.

Na lateral direita, Rafael, que ganhou descanso, terá a missão de marcar o português Cristiano Ronaldo. O restante do elenco do Manchester United está à disposição do treinador para a decisiva partida.

Do lado espanhol, a equipe chega com a responsabilidade de marcar ao menos um gol - o empate em 0 a 0 é favorável ao United -, mas conta com o bom desempenho ofensivo fora de casa sob o comando de José Mourinho. Desde que assumiu o time em 2010, viu seus jogadores marcarem pelo menos uma vez em 15 partidas como visitante. Além disso, vem do embalo de duas importantes vitórias seguidas sobre o arquirrival Barcelona.

O treinador português, porém, ainda não poderá contar o goleiro e capitão Iker Casillas, com lesão na mão. Diego López deve seguir na meta merengue. Pepe também deve ser escalado por José Mourinho, já que jogou no final de semana e não deve ser problemas. Kaká, apesar das recentes boas atuações, e Marcelo ficam no banco.

Com vantagem, Borussia recebe Shakhtar por vaga nas quartas de final

Também às 16h45 (de Brasília), o Borussia Dortmund recebe o Shakhtar Donetsk. No jogo de ida, na Ucrânia, as equipes empataram por 2 a 2. Com a vantagem de ter marcado dois gols fora de casa, o time alemão passa para as quartas de final se empatar por 0 a 0 ou 1 a 1.

*Com Gazeta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas