Um dos possíveis substitutos de Baraka é Memo. Vindo do Santa Cruz, o volante participou de oito das dez partidas da Ponte no Paulistão, uma delas como titular

Melhor defesa do Campeonato Paulista, com apenas seis gols sofridos em dez partidas, a Ponte Preta terá um importante desfalque no duelo com o São Caetano, neste domingo. Peça fundamental no esquema do técnico Guto Ferreira, o volante Baraka recebeu o terceiro cartão amarelo no empate em 0 a 0 com o Linense e não poderá atuar. Lamentando a sua ausência, o jogador acredita que a forte marcação da Macaca será mantida independente de qual for seu substituto.

"Fiquei bolado por ter levado o terceiro cartão, não gosto de ficar de fora. Mas aconteceu, então agora é torcer pelos companheiros. O trabalho ali atrás sendo bem feito e temos que continuar e melhorar cada vez mais, sempre mantendo nosso foco de nos classificar entre os primeiros para a segunda fase e assim termos benefício de jogar em casa", afirma.

Um dos possíveis substitutos de Baraka é Memo. Vindo do Santa Cruz, o volante participou de oito das dez partidas da Ponte no Paulistão, uma delas como titular. Ciente de que é um dos preferidos para ficar com a vaga, o jogador mantém os pés no chão e aguarda a definição do técnico Guto Ferreira.

"Encaro a chance de atuar no jogo deste final de semana como encaro todas as partidas, com muita seriedade e vontade. Tive uma oportunidade contra o São Paulo e aqui na Ponte a gente se prepara muito bem para entrar e dar conta do recado. Então, se o professor optar por mim, estou preparado", garante, elogiando os outros volantes do grupo alvinegro.

"Todos nos damos bem, então é uma briga saudável, o professor é que faz sua opção porque sabe quem está melhor no grupo, quem é o melhor para aquela situação. O importante é todos estarem aptos a ajudar a Ponte", finaliza.

Além de Baraka, a Macaca correu o risco de perder o lateral-direito Artur e o zagueiro Cléber, envolvidos em confusão com o atacante Neymar na vitória por 3 a 1 sobre o Santos, na oitava rodada do estadual. Julgada pelo STJD, a dupla escapou de punição maior e está liberada para atuar normalmente no jogo deste domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.