Decisivo, atacante argentino marca gol da vitória da equipe, que segue na vice-liderança do Campeonato Inglês, a 12 pontos do líder United

Tevez corre para comemorar gol do City
AP
Tevez corre para comemorar gol do City

Os corintianos que assistiram ao duelo entre Manchester City e Aston Villa, nesta segunda-feira, certamente sentiram saudades do ídolo argentino Carlitos Tevez. O atacante roubou a cena no estádio Villa Park e saiu de campo como o grande herói dos Citizens . O jogador impediu um gol dos rivais em cima da linha e ainda anotou o único na vitória por 1 a 0 do vice-líder do Campeonato Inglês.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O duelo teve início com um susto dos mandantes. O Aston Villa aproveitou o apoio de sua torcida e levou perigo ao goleiro Joe Hart com apenas dois minutos de jogo. A zaga, porém, afastou o perigo. Já aos 21, Benteke testou firme e Carlitos Tevez apareceu em cima da linha para impedir o gol. O argentino se colocou no meio da trajetória da bola e livrou os visitantes de um desastre no primeiro tempo.

Os sustos sofridos por sua defesa foram suficientes para o técnico Roberto Mancini perder a paciência no banco de reservas. O pessimismo do treinador se tornou ainda pior com a contusão sofrida por Jack Rodwell, aos 27 minutos. O italiano, contudo, acertou ao colocar Dzeko no lugar de seu atleta lesionado. O bósnio fez a diferença no restante do confronto e ajudou os Citizens a saírem de campo com a vitória.

A nova movimentação ofensiva fez o Manchester City crescer na partida e acertar a trave com Zabaleta, aos 36. Mas a torcida só foi gritar mesmo aos 45 minutos, com ex-corintiano Tevez. O bósnio Dzeko aproveitou o erro defensivo de Clark e acionou o argentino na frente. Com tranquilidade, o centroavante driblou o goleiro e até um zagueiro antes de tocar rasteiro para a meta vazia.

A vantagem poderia ter acordado os visitantes, mas só serviu para o time se acomodar ainda mais em campo. Dzeko até balançou as redes do Aston Villa, mas o bandeira anotou impedimento no lance. Sem grandes chances para os dois lados, o placar se manteve inalterado e levou o City para os 59 pontos. O clube segue em segundo na Premier League e continua com os mesmos 12 pontos de diferença para o líder Manchester United.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.