Palmeiras fica na expectativa para ver se Tigre "bate" como Libertad

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Patrick Vieira, meia do Palmeiras, lembrou partida diante de equipe paraguaia e espera por jogo duro nesta quinta

Desde quando o Tigre foi confirmado no grupo do Palmeiras na Libertadores, os jogadores ouvem sobre a violência do time argentino. Na quinta-feira, porém, o Libertad mostrou aos brasileiros no Paraguai que também sabem "chegar junto", deixando todos preparados para o que pode acontecer na quarta-feira.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

AP
Palmeiras perde do Libertad na Libertadores

"Jogamos contra o Libertad e eles só batiam. Vamos ver também se lá na Argentina vão bater do mesmo jeito", falou Patrick Vieira, que fez na semana passada, em Assunção, sua primeira partida no exterior válida por uma Libertadores - como a maioria de seus colegas.

Leia mais: Maikon Leite e Kleber treinam para formar ataque do Palmeiras contra o Tigre

O meio-campista, que pode ficar na reserva de Valdivia, mal conhece o Tigre, apesar da confusão protagonizada pela equipe contra o São Paulo na final da Sul-americana do ano passado. E nem arrisca apostar na forma como os adversários atuarão diante do Verdão.

"Tudo pode acontecer. Não vimos ainda o DVD deles. É esperar, ver o DVD e viajar para na quarta-feira para termos um bom resultado", comentou Patrick Vieira, adotando um tom tranquilo na entrevista, mostrando não estar preocupado com as entradas dos argentinos.Além da violência que viu no Tigre, Gilson Kleina também destaca a força do rival de quarta-feira na bola aérea, e o Palmeiras perdeu no Paraguai levando dois gols de cabeça. Mas até essa qualidade do adversário não intimida.

"Tomamos dois gols de bola parada, mas o segundo foi porque o juiz mandou o Henrique sair", lembrou Valdivia, valorizando, porém, as ordens do técnico. "O Gilson já falou para corrigirmos muitas coisas. Contra o Tigre, esperamos melhorar em todos os sentidos. Não tem jogo fácil na Libertadores", ressaltou o meia.

Leia tudo sobre: palmeiraslibertadtigreigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas