Gil fica em alta com Tite após Neymar passar em branco no clássico

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Com empate sem gols no Morumbi, técnico elogia melhora geral da defesa e segurança do zagueiro

Criticada publicamente por Tite há algumas semanas, a defesa do Corinthians agora está em alta. O técnico fez questão de elogiar a atuação de seus zagueiros, Gil principalmente, após o atacante Neymar ser anulado no empate sem gols no clássico com o Santos, neste domingo, no Morumbi.

Santos e Corinthians fazem jogo ruim e não saem do zero em duelo no Morumbi

"A defesa parou de errar técnica e individualmente. Estamos com senso de cobertura, com todos cumprindo as suas função para que alguém possa corrigir os erros eventuais", destacou Tite, derretendo-se ao falar de Gil. "O grande mérito dele é a sua eficiência e segurança. Tem boa cobertura e antecipa bem. É exatamente aquilo que um defensor deve ter em sua essência."

Veja a galeria de imagens do amistoso entre Santos e Corinthians no Morumbi:

Parceiros de seleção nas Olimpíadas de 2012, Neymar e Pato se reencontraram no clássico entre Santos e Corinthians no Morumbi. Foto: Gazeta PressLéo cumprimenta Paulinho antes do clássico. O santista deu declarações que irritaram os corintianos antes da conquista do Mundial de Clubes. Foto: Gazeta PressPato parte para cima de Léo durante clássico de Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPaulinho cerca Neymar durante clássico entre Santos e Corinthians. Foto: Gazeta PressDanilo tenta finalizar contra a marcação de Durval. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansGalhardo e Guerrero em lance do clássico entre Santos e Corinthians no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEdu Dracena tenta parar Alexandre Pato durante o clássico no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansGuerrero lamenta gol perdido no primeiro tempo do clássico contra o Santos. Foto: Gazeta PressPato conduz a bola e é acompanhado por Edu Dracena. Foto: Gazeta Press

Feliz com os elogios, Gil dividiu os méritos pela marcação de Neymar com seus companheiros. "Não fui só eu, mas a equipe inteira. Todo o mundo deu o seu melhor para que a bola não chegasse até o Cássio. A equipe está de parabéns pelo que produziu contra o Santos", comentou o zagueiro.

Tite é mais um que raramente individualiza suas análises. "Para a defesa ir bem, é um todo que trabalha. O Edenílson jogou muito. O garoto (Igor) também fez um grande jogo. O Guerrero veio marcar o Marcos Assunção para deixar o Pato mais solto. Tudo isso contribui para a equipe ter consistência", disse o técnico.

Emerson não viaja para o México para fazer tratamento no joelho

O que também ajudou a defesa do Corinthians foi a ineficiência de Neymar. O atacante até se movimentou bastante, mas criou poucas chances de gol e caiu na área para cavar pênaltis quanto teve a oportunidade. "O Neymar é extraordinário. Méritos à nossa formação defensiva, que preencheu espaços. Contra o melhor jogador do Brasil, fomos leais e não apelamos para a violência. Temos a equipe mais disciplinada do campeonato", enalteceu Tite.

Recuperado de artroscopia no joelho esquerdo, o zagueiro Chicão está próximo de reforçar o disciplinado Corinthians. Até os elogios de Tite, Gil era bem cotado a perder a vaga no time titular para o veterano.

Leia tudo sobre: GilCorinthiansTitecampeonato paulista 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas