Após ser flagrado dirigindo embriagado, o atacante dinamarquês foi afastado pelo DBU pelo menos até setembro

Bentdner mostra a cueca na comemoração de um gol pela seleção dinamarquesa
Getty Images
Bentdner mostra a cueca na comemoração de um gol pela seleção dinamarquesa

A embriaguez de Nicklas Bendtner rendeu mais do que uma noite na prisão ao atacante. Nesta segunda-feira, o atleta recebeu uma suspensão de seis meses da seleção dinamarquesa, por conta de sua conduta fora dos gramados. O jogador da Juventus foi detido após ser flagrado dirigindo bêbado na contramão de uma das ruas de Copenhague e acabou recebendo a punição da mais alta cúpula da DBU, a Federação de Futebol do seu país.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"A DBU informa que Nicklas Bendtner tirou seis meses para pensar em seu futuro como jogador de futebol internacional. A DBU respeita os direitos de todos os atleta terem uma vida privada, mas nós também temos certas regras que precisam ser conhecidas pelos jogadores internacionais em seus comportamentos públicos", diz o comunicado emitido pela entidade dinamarquesa.

Veja também: Atacante Bendtner, da Juventus, é preso por dirigir embriagado na Dinamarca

Bendtner está lesionado e não disputa uma partida de futebol desde dezembro. Antes titular absoluto da equipe nacional, o atleta servirá como um exemplo para coibir novos incidentes deste tipo no país. O jogador aguardará o processo em liberdade e deverá pagar uma pesada multa após o julgamento do caso deste fim de semana.

Emprestado à Juventus, Bendtner tem todos os seus direitos ligados ao Arsenal e ainda não sabe o que será de seu futuro. Com dez jogos disputados pela Juventus e nenhum gol marcado nesta temporada, o atacante dificilmente terá o seu vínculo prolongado pelo clube italiano. A tendência é que o jogador seja repassado novamente a uma outra equipe, já que a equipe inglesa também não demonstram interesse em contar com seu futebol em 2013/2014.

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.