XV de Piracicaba toma virada, reage e empata com Mirassol no final

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

XV de Piracicaba conseguiu empate no fim, mas completou quatro partidas sem vitória no Paulistão

O XV de Piracicaba entrou no gramado do Barão de Serra Negra empurrado pela fanática torcida, mas não correspondeu e acumulou o quarto jogo sem vitória no Campeonato Paulista. Depois de sair na frente e tomar a virada do Mirassol, a boa atuação do atacante Paulinho foi premiada e o empate por 2 a 2 definido aos 44 minutos do segundo tempo da partida válida pela 10ª rodada.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Pressionado pelas três partidas sem vitória, o Nhô Quim assustou no primeiro tempo com Paulinho, mas só abriu o placar na etapa complementar com o zagueiro Cesinha. O defensor se lesionou no lance do gol e a zaga piracicabana pareceu se perder. Em apenas três minutos, o Leão mostrou poder de reação e, graças a Camilo e Pio, virou o resultado. Mas Paulinho finalmente conseguiu furar a defesa visitante e sacramentou o empate.

O próximo compromisso do XV de Piracicaba acontece na próxima sexta-feira. O time que agora possui dez pontos entra em campo às 19h30 (de Brasília), diante do Oeste de Itápolis, no estádio dos Amaros. Às 18h30 do dia 10 de março, o Mirassol, que chegou aos 11 pontos, tem pela frente o desesperado Guarani no José Maria Maia.

O jogo - O XV de Piracicaba pressionou o adversário no início de jogo e quase abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo. Paulinho recebeu fora da área, passou por dois jogadores, invadiu a área e bateu colocado, tirando do goleiro, mas a bola passou ao lado do gol do Mirassol.

Ainda na primeira etapa, o Nhô Quim teve outra boa chance de abrir o placar, mas não conseguiu fazer o gol. Dentro da área, Paulinho arriscou o chute, Emerson conseguiu dar um leve desvio e a bola carimbou o travessão dos visitantes.

Em busca do gol, o XV de Piracicaba voltou para o segundo tempo mais atento e conseguiu abrir o placar na bola parada. Aos 17 minutos, após cobrança de escanteio de Paulinho, Márcio Diogo desviou e a bola sobrou para Cesinho, que colocou no fundo das redes. No lance, porém, o zagueiro se machucou e foi substituído do jogo.

Apesar da desvantagem, o Mirassol precisou de três minutos para virar o jogo no Barão de Serra Negra. Aos 30 minutos, Camilo sofreu o pênalti, foi para a cobrança e igualou o marcador para o time visitante.

Aos 33, o Mirassol, que já estava feliz com o empate, se aproveitou da falha na saída de bola do Nhô Quim e virou o jogo. André Luís lançou Camilo, que rolou para Pio. O lateral só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio. Depois de perder duas oportunidades no primeiro tempo, Paulinho acabou saindo como um dos heróis no Barão de Serra Negra. Isso porque aos 44 minutos, o atacante aproveitou a sobra de uma disputa pelo alto e emendou para o gol, sem dar chances ao arqueiro Emerson.

Leia tudo sobre: campeonato paulistaxv de piracicabamirassoligsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas