Denilson considera jogo como “um aviso” e admite atuação ruim

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Meio-campista do São Paulo se disse sincero e admitiu que não foi bem diante do Strongest, nesta quarta

O meio-campista Denilson reconheceu que não teve uma boa atuação na vitória por 2 a 1 do São Paulo contra o Strongest, na noite de quinta-feira, no Morumbi. Substituído por Ganso no segundo tempo, o volante afirmou que poucas vezes jogou tão mal pelo Tricolor.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores 

Vipcomm
Denílson admitiu má atuação diante do Strongest

"Quem está no dia a dia do clube sabe que sou muito sincero nas declarações. E, contra o Strongest, não fui bem. Tenho mais de cem partidas pelo São Paulo e acho que foi uma das minhas piores atuações. Não tive problema algum, só não estava em um bom dia. Ainda bem que vencemos e este jogo virou só estatística", afirmou.

Leia mais: Com volantes em baixa, Fabrício ganha espaço aos poucos no São Paulo

O desempenho da equipe no jogo da Libertadores foi criticado até mesmo pelo vice-presidente de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, que considerou a atuação da equipe "vergonhosa". Denilson acredita que a dificuldade do compromisso pode servir de alerta para o elenco nesta competição.

"Acredito que este resultado soou como um aviso para o grupo. Na altitude, será ainda mais difícil e, por isso, precisamos encaminhar nossa classificação o quanto antes", comentou. O meio-campista, porém, valorizou o resultado positivo, depois da derrota na primeira partida da fase de grupos, contra o Atlético-MG.

"O importante será sempre sair de campo com a vitória, independentemente do que aconteça. Mas vale valorizar o Strongest, que foi muito disciplinado tecnicamente. Infelizmente, no Morumbi, temos que nos acostumarmos a jogar com times que colocam dez jogadores atrás da linha da bola", concluiu.

Leia tudo sobre: são paulodenilsonstrongestigsplibertadores 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas