Técnico do Corinthians preferiu fugir da pergunta e escondeu o time titular que vai encarar o Santos no domingo

Tite à frente do banco com os quatro torcedores que conseguiram o direito de assistir a Corinthians x Millonarios
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Tite à frente do banco com os quatro torcedores que conseguiram o direito de assistir a Corinthians x Millonarios

O técnico Tite incorporou o atacante Alexandre Pato e o meia Renato Augusto ao time titular do Corinthians na vitória por 2 a 0 sobre o Millonarios, da Colômbia, e ficou satisfeito com o que viu. O bom desempenho, no entanto, não garante que a formação ofensiva será mantida nos próximos jogos da Copa Libertadores da América e do Campeonato Paulista.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Bem educadamente, vou fugir dessa pergunta", sorriu Tite, que se prepara para comandar o Corinthians em duas partidas importantes em sequência. A primeira será o clássico contra o Santos, no domingo, no Morumbi, e a outra o confronto continental com o Tijuana, no México. "Um jogo está ligado ao outro."

Leia mais: Tite faz discurso oposto ao da diretoria e não vê morte de Kevin como acidente

Justamente pela ligação entre as partidas, Tite cogita poupar titulares no clássico - postura diferente da que ele adotou quando teve pela frente Palmeiras e San José, da Bolívia. "Existe a grandeza da Libertadores, que o Corinthians assume como prioridade. Isso é inevitável. Vou conversar com a minha comissão para ver como será a recuperação dos atletas. Pato e Renato Augusto estão dentro desse contexto", avisou.

Contra o Millonarios, Pato e Renato Augusto foram titulares em função de problemas enfrentados por seus concorrentes de posição. Jorge Henrique sofreu lesão na coxa direita, enquanto Emerson machucou o joelho direito e ainda irritou Tite ao atrasar a dois treinamentos no CT do Parque Ecológico do Tietê.Por enquanto, Tite evita dizer como será a escalação do Corinthians quando todos os seus homens de frente estiverem à disposição. O certo é que Pato e Renato Augusto ficaram em alta. Após o jogo com o Millonarios, ambos foram elogiados. Mas Emerson, Guerrero, Romarinho e Danilo também acabaram nominalmente mencionados pelo treinador.

"Cada atleta empresta alguma coisa à equipe. O Emerson tem seus rompantes de força individual. O Guerrero nos surpreende com o seu espírito solidário. O Romarinho apresenta uma qualidade técnica surpreendente. O Danilo faz a equipe jogar. Estou bem servido. A escalação vai depender de eles aproveitarem as oportunidades que tiverem", avisou Tite.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.