O clube foi a julgamento após uma série de incidentes entre a sua torcida e os policiais que faziam a segurança do jogo contra o Botafogo, em Araraquara

Torcedores do Palmeiras ficam revoltados após empate do time diante do Botafogo, em Araraquara
Gazeta Press
Torcedores do Palmeiras ficam revoltados após empate do time diante do Botafogo, em Araraquara

O Palmeiras não conseguiu reverter a punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no último Campeonato Brasileiro e terá de mandar quatro jogos longe de São Paulo na Série B deste ano. O clube teve o seu recurso negado pelo Pleno, nesta quinta-feira, e viu a sua punição ser mantida para o torneio nacional.

E mais: Inexperiente, Palmeiras passa por 'batismo' em visita ao Libertad

O clube foi a julgamento após uma série de incidentes entre a sua torcida e os policiais que faziam a segurança do jogo contra o Botafogo, em Araraquara, válido pela 34ª rodada do Brasileirão. O Palmeiras já jogava longe da capital paulista, por conta de problemas no clássico contra o Corinthians, no Pacaembu, e foi novamente punido após o árbitro relatar na súmula as confusões com as autoridades.

Após o advogado alviverde dar o seu parecer sobre o caso, o STJD abriu a votação e decidiu negar o recurso por maioria dos votos. O clube terá de pagar a multa de R$ 30 mil prevista no Código Brasileiro de Justiça Desportiva e mandar os seus quatro primeiros jogos na Série B a 100km de distância de São Paulo.

Sem pensar nos problemas que o aguardam na segunda divisão, o Palmeiras se prepara para enfrentar o Libertad, às 19h15 (de Brasília), no estádio Nicolás Leoz, em Assunção. O Verdão estreou na Copa Libertadores com uma vitória por 2 a 1 sobre o Sporting Cristal, no estádio do Pacaembu, e tentará superar os paraguaios para disparar de vez na liderança do Grupo 2.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.