O time volta a campo no próximo domingo, às 18h30, contra o Metropolitano, quarto colocado

Ewerton Páscoa, do Criciúma
Futura Press
Ewerton Páscoa, do Criciúma

Atualmente na quinta colocação do Campeonato Catarinense, o Criciúma não estaria nas semifinais da competição se a primeira fase terminasse hoje. Com apenas um jogo para o fim do primeiro turno, o único representante de Santa Catarina na próxima edição do Campeonato Brasileiro, está a dez pontos da líder e já vencedora do primeiro turno, Chapecoense.

"Ficar fora das semifinais nem passa pela nossa cabeça. A gente tem um foco. O primeiro é chegar entre os quatro e, depois, ser campeão, brigando contra os outros grandes, que também têm condição de chegar. A gente vai manter o foco para se classificar", disse o volante João Vítor, que chegou por empréstimo do Palmeiras, no início deste ano.

"Já deixamos escapar o título do turno. Então, cada jogo que a gente tem daqui para frente é uma chance de a gente se recuperar. O professor (Paulo Comelli) tem passado tranquilidade para a gente. A gente lamenta muito os jogos em que podíamos ter saído com três pontos e isso não aconteceu. Houve uma conversa muito franca, e agora vamos dar o máximo a cada jogo", completou o jogador.

O Tigre volta a campo no próximo domingo, às 18h30, contra o Metropolitano, quarto colocado. A equipe busca melhorar o índice técnico, critério que definirá dois semifinalistas. Os outros dois serão os campeões de cada turno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.