Com um fone de ouvido, o meio-campista não escutou os pedidos e andou pelo aeroporto sem sofrer nenhuma pressão

O embarque do Palmeiras para sua primeira viagem internacional no ano foi tranquilo, já que nem uma dezena de torcedores compareceu no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na manhã desta quarta-feira. Os poucos presentes, porém, pediram para Wesley "tocar a bola". E esperaram mais tempo do que o previsto por confusão do motorista.

E mais: Única dúvida de Gilson Kleina, Souza viaja ao Paraguai dizendo que joga

Os jogadores estavam concentrados em um hotel próximo ao aeroporto desde a noite dessa terça-feira. Como o voo estava previsto para as 9h20 (de Brasília), a programação era de que todos já chegassem para o embarque por volta das 8 horas. O planejamento do início da viagem para Assunção, porém, atrasou um pouco.

Wesley caminha no aeroporto antes do Palmeiras embarcar para o Paraguai
Gazeta Press
Wesley caminha no aeroporto antes do Palmeiras embarcar para o Paraguai

Em vez de ir direto para a área de embarque, o ônibus do Palmeiras parou primeiramente no setor de desembarque em Cumbica. O erro, contudo, não atrapalhou nada, já que os atletas nem precisaram se apressar na passagem pelo saguão do aeroporto. Tudo foi feito de forma bastante tranquila.

Quando o ônibus abriu as portas e os jogadores começaram a aparecer, Wesley se destacou com seu colorido fone nos ouvidos e um laptop nas mãos. Logo alguns palmeirenses que estavam no aeroporto gritaram "toca a bola Wesley". Com um fone de ouvido, o meio-campista não escutou os pedidos e andou pelo aeroporto sem sofrer nenhuma pressão

O clima era em sua maioria de apoio. Uma idosa, por exemplo, se posicionou na porta do ônibus e avisando que era fã de Valdiva. E acompanhou a caminhada do chileno passo a passo, registrando com sua câmera fotográfica a passagem do ídolo pelo aeroporto.

Bastante solícito, o chileno saiu do veículo tirando foto com alguns torcedores, atendeu à imprensa e, mais tarde, posou para mais retratos. O mesmo ocorreu com todos os jogadores solicitados pelos fãs para qualquer tipo de registro. Acordar cedo não gerou aparentemente nenhum mau humor nos comandados de Gilson Kleina.

Com o sentimento de tranquilidade e apoio, o Verdão embarcou para o Paraguai. O Palmeiras enfrenta o Libertad às 19h15 (de Brasília) desta quinta-feira no estádio Nicolas Leoz, em Assunção. O jogo, válido pela segunda rodada do grupo 2 da Libertadores, definirá a liderança da chave, já que os dois times estrearam com vitória.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.