De acordo com o jogador, a boa campanha desempenhada neste ano fez com que os rivais intensificassem a marcação

Diego Rosa, jogador da Ponte Preta
Site oficial
Diego Rosa, jogador da Ponte Preta

A Ponte Preta segue preocupada com os seus recentes tropeços no Campeonato Paulista. No último domingo, o time se atrapalhou novamente e perdeu a liderança depois de empatar com o São Bernardo, no Moisés Lucarelli. A palavra de ordem agora é ter tranquilidade e aproveitar os treinamentos para corrigir as falhas provocadas por desatenção.

"Temos que ter posse de bola e tranquilidade. Enfrentamos o São Bernardo com mais posse, mas a bola não estava entrando na hora de finalizar. Agora, vamos ter calma, trabalhar e fazer um jogo melhor contra o Linense", cobrou Diego Rosa, que, embora seja meia, foi improvisado por Guto Ferreira como um veloz atacante.

O atleta ainda teve tempo para analisar a forma como os adversários vêm dificultando para a Ponte Preta nas últimas rodada. De acordo com o jogador, a boa campanha desempenhada neste ano fez com que os rivais intensificassem a marcação. Apesar dos novos obstáculos, o atacante tem plena confiança de que o grupo alvinegro conseguirá conquistar os pontos sem sofrer com as retrancas.

"As equipes estão vendo que o nosso time está fazendo um bom trabalho e estão se fechando. A gente tem que pensar no nosso time e ir passo a passo. Temos que dar o nosso melhor e jogar como fizemos contra o Santos. Assim, vamos longe. As equipes que jogarão aqui no Majestoso se fecharão ainda mais e temos que saber impor nosso futebol dentro de casa", completou.

Ponte Preta recebe a visita de delegações estrangeiras
Após a Federação Francesa de Futebol enviar uma comitiva para conhecer as instalações do estádio Moisés Lucarelli, a Macaca recebeu nesta quarta-feira a visita de dirigentes suíços e sul-coreanos. As delegações fizeram vistorias e levarão um relatório para analisar se o local tem condições de receber as seleções durante a Copa do Mundo de 2014

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.