Técnico do Milan parabeniza Balotelli por ter ignorado racistas

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Massimiliano Allegri elogiou o controle emocional do italiano após ser alvo de bananas infláveis no clássico contra a Inter de Milão

O clássico entre Milan e Inter de Milão ainda repercute na Europa. O fato de uma ala da torcida nerazzurri ter atirado bananas infláveis e hostilizado Mario Balotelli com ofensas racistas fez o técnico rossonero, Massimiliano Allegri, vir a público para comentar o caso. O treinador parabenizou o controle emocional de seu jogador e valorizou a mudança de postura do atleta desde a sua ida para a Itália.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

AP
Balotelli comemora gol pelo Milan

Balotelli ficou conhecido no Manchester City e na própria Inter de Milão por ter protagonizado uma série de polêmicas com torcedores e até outros jogadores. Porém, ao ser insultado pela ala racista de seu adversário, o temperamental atacante apenas colocou o dedo em frente à boca e pediu para que os rivais se calassem nas arquibancadas do Giuseppe Meazza.

"Eu estou feliz com o que o Balotelli fez. Não vamos esquecer que ele é apenas um garoto de 22 anos que estava jogando contra o clube que o revelou para o futebol. Ele foi bravo porque não reagiu a nenhuma provocação e isso me deixa muito orgulhoso", comentou Massimiliano Allegri.

O incidente deste fim de semana não foi o primeiro caso racista presenciado pelo Milan. O atacante Kevin-Prince Boateng chegou a protagonizar outro conturbado episódio durante a pré-temporada europeia. A equipe italiana disputava um amistoso e optou por deixar o gramado após o ganês ser duramente hostilizado com cantos discriminatórios.

Leia tudo sobre: MilanInter de MilãoBalotelliitáliafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas