Leandro já quer renovar e se vê em desvantagem fora da Libertadores

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante marcou gol em sua estreia pelo Palmeiras no Campeonato Paulista, mas não pode jogar competição continental porque já foi inscrito pelo Grêmio

Gazeta Press
Leandro comemora gol da vitória do Palmeiras

Bastaram cerca de 20 minutos em campo para Leandro já desejar permanecer no Palmeiras por mais tempo do que o período de empréstimo até dezembro. Autor do gol da vitória sobre o União Barbarense nesse domingo, o atacante, palmeirense desde a infância, só lamenta não poder jogar na Libertadores.

"A Libertadores é uma competição de grande expressão. Você atuando, e jogando bem, tem mais chances de se manter titular. Fico um pouco em desvantagem em relação a isso, me deixa bastante chateado. Mas não é nada que me atrapalhe para buscar a minha vaga", comentou o jogador.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Emprestado pelo Grêmio na negociação que levou Barcos ao clube gaúcho, Leandro ano pôde defender o Palmeiras na Libertadores por já ter sido inscrito na competição pela equipe de Porto Alegre. Mas seu desempenho no Campeonato Paulista já o faz sonhar em fazer história no time de seus familiares.

"Tudo depende. Se eu fizer bons campeonatos, tiver uma boa passagem, pretendo ficar aqui. Vamos ver o que vai acontecer ao longo do ano. Se eu estiver atuando e ajudando a equipe, que ficar", falou o atleta, ainda mais idolatrado por seu pai, Carlos, que segue morando em Brasília, onde nasceu o atacante.

"O meu pai me mandou mensagem dizendo que realizou o sonho dele ao me ver fazer gol com a camisa do Palmeiras. Pediu para guardar a camisa para ele. E já é dele, senão a casa cai", sorriu. "Estão todos felizes em casa: minha mãe, meus irmãos. Tenho tudo para dar certo aqui no Palmeiras", prosseguiu.

A prova de sua alegria está na comemoração, correndo para vibrar com os torcedores que estavam no tobogã do Pacaembu. "Fiquei bastante feliz com o primeiro gol com a camisa do Palmeiras. Minha comemoração foi na hora, espontânea. Saí para a torcida, tirei a camisa... Fiquei bastante feliz", reforçou.

Agora, a alegria só poderá acontecer nesta semana pela televisão. Leandro nem viajará para o Paraguai, limitando-se a ver a partida contra o Libertad, pela Libertadores, nesta quinta-feira, de sua casa. "Vou apoiar os meus colegas que estarão em campo", garantiu.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: leandropalmeiras

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas