Secretaria de Urbanismo de Porto Alegre não concedeu o Habite-se para o novo estádio gremista. Equipe gaúcha precisará usar seu antigo estádio

O jogo entre Grêmio e Caracas (Ven), no próximo dia 5, válido pela terceira rodada da Copa Libertadores da América, deve ocorrer no Estádio Olímpico. Nesta segunda-feira, a SMURB (Secretaria Municipal de Urbanismo) de Porto Alegre negou à Arena do Grêmio o Habite-se para que o novo estádio da equipe seja usado. O clube deve responder à Conmebol nesta terça o local do jogo, sem tempo hábil para realizar as mudanças solicitadas pela prefeitura.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores


A decisão frustra os discursos do presidente gremista, Fábio Koff, que queria a realização da partida na Arena, mas vai ao encontro do que pediam os jogadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo. Após a derrota para o Huachipato (CHI), Luxa sugeriu que o Grêmio jogasse por um mês no Olímpico, até que o gramado da Arena ficasse pronto. Alguns jogadores, como o zagueiro Werley, também manifestaram preferência por atuar no estádio antigo enquanto o piso do novo não estivesse em plenas condições de jogo.

Veja também: Fábio Koff reforça prioridade na Libertadores por parte do Grêmio

A nota oficial da SMURB não especificou os pontos a serem melhorados na Arena. Uma nova vistoria será realizada no estádio assim que a construtora que ergueu o estádio sanar os problemas indicados. Como a Arena deverá estar totalmente pronta no final de março, o jogo da quinta rodada, contra o Fluminense, no dia 10 de abril, já deve ser na nova casa gremista.

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.