Reunião do Conselho ironiza Muricy e apresenta possível gestor do Santos

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O conselheiro Celso Leite, um dos mais influentes dentro do clube, ironizou o treinador e propôs que a taça da Copinha "ficasse durante uma semana na sala de Muricy", no CT

O Conselho Deliberativo do Santos se reuniu na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro. Um dos temas principais do encontro foi a votação sobre a entrega das medalhas do Mérito Peixeiro, maior honraria do clube praiano, ao time sub-20, campeão da Copa São Paulo de Juniores. A questão foi marcada por um debate intenso entre os conselheiros, mas, ao fim da votação, a homenagem foi aprovada, e ainda gerou uma "provocação" ao técnico da equipe principal, Muricy Ramalho.

Gazeta Press
Muricy Ramalho, técnico do Santos

O conselheiro Celso Leite, um dos mais influentes dentro do clube, ironizou o treinador e propôs que a taça da Copinha "ficasse durante uma semana na sala de Muricy", no CT Rei Pelé. Após o discurso de Leite, conselheiros se levantaram para aplaudi-lo.

As críticas de Celso fazem referência à fama do comandante de pouco aproveitar os talentos das categorias de base, nos times por onde passa, o que tem irritado conselheiros e torcedores alvinegros, preocupados com os últimos resultados do Santos.

Além disso, a reunião também teve a apresentação de Luiz Fernando Vendramini Fleury como novo candidato a integrante do comitê gestor santista. O executivo, presidente da Cetip, falou aos conselheiros presentes e terá o seu nome submetido à votação, na próxima reunião do órgão, prevista para o dia 25 de março.

Leia tudo sobre: santosMuricy RamalhoCelso Leite

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas