Elogiado por Ney, Ganso se sente merecedor de nota sete por atuação

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia foi titular contra o São Caetano, jogou por 80 minutos e ouviu técnico elogiar sua evolução

O meia Paulo Henrique Ganso teve mais uma chance de jogar como titular do São Paulo, nesta quarta-feira, e deixou o gramado satisfeito com sua atuação na vitória por 4 a 2 sobre o São Caetano. Apesar de não ter balançado as redes, o jogador se sentiu bem em campo e ainda luta para evoluir.

Você gostou do desempenho de Ganso contra o São Caetano? Deixe seu comentário

"Acho que mereço uma nota entre seis e sete, mas sei que preciso melhorar ainda. O treinador me pediu para manter o ritmo com intensidade e até senti um pouco o cansaço no fim, mas deu para suportar", afirmou.

Mesmo sem ter pedido para sair, o jogador aprovou a decisão de Ney Franco de substituí-lo por Aloísio na etapa final. O ex-santista saiu do Anacleto Campanella aplaudido pelos são-paulinos e elogiado também pelo comandante."Acho que nota sete está boa. Se ele acha assim, eu concordo", ponderou o técnico. Animado com o desempenho do armador, o treinador ainda não revela se o atleta será mantido na próxima rodada do Campeonato Paulista, no sábado, contra o Linense.

"Ele evoluiu muito neste jogo, principalmente na parte física, porque se envolveu e se entregou. Está querendo jogar e, na minha avaliação, está no mesmo nível dos outros. Mas prefiro não adiantar o jogo contra o Linense", concluiu.

Leia tudo sobre: são pauloney francogansocampeonato paulista 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas