Milan recebe visita do Barcelona para apagar retrospecto negativo

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Time italiano está há sete jogos sem vencer o adversário pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Galatasaray encara Schalke

AP
Milan tenta volta a vencer o Barça após nove anos

Após desempenho decepcionante na fase de grupos, tendo ficado apenas em segundo lugar em uma chave considerada tranquila, o Milan recebe o Barcelona no San Siro nesta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Além de um bom resultado para ir ao Camp Nou em duas semanas com chances de classificação, a equipe italiana busca dar fim a uma amarga sequência contra o time catalão: já são sete jogos sem vencer e duas eliminações seguidas nos dois últimos encontros na fase final do torneio.

O Milan tem chance de eliminar o Barcelona na Liga dos Campeões? Comente

A última vitória do Milan sobre o Barcelona aconteceu em 2004, na fase de grupos da competição continental. Sem poder contar com Balotelli, que disputou a primeira fase pelo Manchester City, o treinador da equipe italiana, Massimiliano Alegri, adota como principal estratégia o discurso positivo. 

"Nós nos daremos por inteiro e enfrentaremos o Barça com coragem, força e espírito. Não importa quem estejamos enfrentando. Temos que entrar focados, correr muito e ser técnicos. Temos que entrar no campo com consciência e noção de que podemos tirá-los da Liga dos Campeões", pregou.

AP
Fabregas: meia admite favoritismo do Barcelona

Se o retrospecto recente não ajuda, a equipe pode se apoiar nos problemas do Barcelona. A equipe conta com desfalques e problemas para o duelo, a começar pelo comandante Tito Vilanova. Jordi Roura ficará no banco e orientará a equipe enquanto o treinador se trata de um câncer nos Estados Unidos.

Entre os jogadores, David Villa e Adriano são desfalques certos. O atacante ainda se recupera de uma crise renal, enquanto o lateral brasileiro sofre de lesão na coxa direita. Xavi, apesar da liberação médica para viajar à Itália, ainda é dúvida e pode começar apenas no banco.

O meia, um dos mais experientes do elenco culé, afirma que a ausência do treinador não altera a dificuldade do jogo contra o Milan, apesar de reconhecer a condição de favoritos do Barça.

"Sentimos falta de Tito, mas tudo está sendo conduzido da mesma maneira. Aceitamos a condição de favoritos para a Liga dos Campeões. Temos de competir. O Milan não é apenas um time velho qualquer. Eles têm jogadores que são fortes defensivamente - duros e com muito talento", analisou.

Reprodução/Site do Galatasaray
Drogba: atacante é novidade do Galatasaray

Galatasaray mede ambição europeia contra o Schalke

Maior campeão turco ao lado do Fenerbahçe com 18 títulos, o Galatasaray quer se tornar também uma força europeia. O clube recebe o Schalke 04 na quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), tentando chegar às quartas de final da Liga dos Campeões pela primeira vez desde a temporada 2000/01. Para isso, o time do leste europeu aposta em grandes nomes que tiveram destaque na principal competição europeia nos últimos anos: o meia Sneijder, campeão europeu com a Inter de Milão em 2010, e o atacante Didier Drogba, que celebrou o título com o Chelsea na última temporada.

Os dois já mostraram entrosamento: o segundo gol contra o Akhisar veio após tabela entre os dois, com Burak Yilmaz marcando após rebote em chute de Drogba. O marfinense será titular pela primeira vez contra o Schalke, fazendo dupla de ataque com o próprio Yilmaz, que marcou seis dos sete gols da equipe na Liga dos Campeões, e contando com Sneijder na armação. O holandês reafirmou a ambição do clube. "A Liga dos Campeões é o maior torneio da Europa. Esperamos um jogo de alto nível, mas vamos pensar em executar o nosso jogo e vamos com tudo atrás da vitória em casa", declarou.

Getty Images
Michel Bastos está em boa fase no Schalke

Para o jogo contra os turcos, o Schalke tem duas apostas no setor ofensivo. O brasileiro Michel Bastos marcou três gols em três partidas desde que chegou do francês Lyon na janela de transferências. Além dele, o holandês Huntelaar, artilheiro da equipe dos últimos anos, se recuperou de um problema no olho esquerdo e está de disponível para a partida. 

Enquanto o Galatasaray, que deve contar com o volante brasileiro Felipe Melo como titular, tem as ausências do zagueiro tcheco Tomas Ujfalusi e do atacante sueco Johan Elmander, o Schalke 04 está mais desfalcado. O clube alemão não poderá contar com o jovem zagueiro grego Papadopoulos, o lateral direito Atsuto Uchida, o meia holandês Ibrahim Afellay e o atacante romeno Ciprian Marica. Além disso, o meia brasileiro Raffael fica de fora por já ter atuado pelo Dinamo de Kiev na Liga dos Campeões.

*Com Gazeta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas