"Fizemos o planejamento para ele ter uma sequência em determinado momento, que seria até um pouco antes de agora", comentou o treinador do São Paulo

Ganso, meia do São Paulo
Gazeta Press
Ganso, meia do São Paulo

O meia Paulo Henrique Ganso está confirmado para o jogo contra o São Caetano, mas só terá uma sequência entre os titulares do São Paulo se atuar bem no estádio Anacleto Campanella. O recado foi dado pelo técnico Ney Franco, que promete definir a equipe da rodada seguinte do Paulistão e também na Libertadores só depois de ver o desempenho de cada um nesta quarta-feira.

"Assim como qualquer jogador do elenco, ele está condicionado ao desempenho em campo. É assim que estamos montando a equipe", afirmou. Apesar de não confirmar com antecedência a manutenção do atleta, o treinador reconhece que o meia precisa de cada vez mais jogos para melhorar seu futebol, depois de ter se recuperado de problemas clínicos.

"Fizemos o planejamento para ele ter uma sequência em determinado momento, que seria até um pouco antes de agora", comentou, citando ainda outros jogadores na mesma situação. "Ele tem um caso específico. Daqui a pouco, vamos fazer (recuperação) com o Fabrício também, assim como foi com o Cañete. Depois, o Wallyson passará por isso".

Na rodada passada do Campeonato Paulista, diante do Ituano, Ganso começou no banco de reservas, mas entrou no decorrer do segundo tempo e marcou o gol da vitória por 3 a 2. A expectativa do técnico agora é de que o meio-campista consiga evoluir e fique em campo por 90 minutos no Anacleto Campanella.

"Vamos nos apegar apenas a esse jogo, não vou antecipar sobre qualquer jogador em relação às partidas contra Linense ou The Strongest. O Ganso entra jogando contra o São Caetano e ficamos na expectativa de que vá até o final, para ter um reforço nas partes técnica e física", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.