Titular no Real, Kaká destaca evolução física e diz estar mais rápido em campo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia foi destaque da vitória sobre o Rayo Vallecano pelo Espanhol no final de semana e afirma que agora consegue fazer coisas dentro de campo que antes não estava conseguindo

AP
Kaká foi titular do Real Madrid neste final de semana no Campeonato Espanhol

Escalado como titular do Real Madrid no triunfo por 2 a 0 diante do Rayo Vallecano, neste domingo, em partida válida pelo Campeonato Espanhol, o meio-campista Kaká segue confiante em readquirir espaço no time comandado por José Mourinho. Preterido pelo treinador português no início desta temporada, o atleta brasileiro começou jogando pela terceira vez no torneio nacional e foi um dos destaques da equipe branca.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Estou me sentindo mais rápido. Consigo fazer coisas dentro de campo que antes não estava conseguindo. Faço o que preciso fazer", afirmou o camisa oito, que foi substituído por Callejón aos 35 minutos do segundo tempo na vitória diante do Rayo Vallecano.

Kaká chegou ao Real Madrid em 2009, contratado junto ao Milan por 65 milhões de euros (aproximadamente R$171,3 milhões), mas jamais justificou o investimento no clube espanhol e sofreu com problemas físicos. Com a chegada de atletas como Mesut Ozil, Di María e Modric, perdeu ainda mais espaço com o técnico português e não conseguiu assumir papel de protagonista.

Em negociações com o Milan neste ano, o meio-campista quase acertou retorno ao time rubro-negro, mas questões burocráticas em relação ao pagamento do salário do atleta impediram que a negociação fosse concretizada. Além da equipe italiana, o Los Angeles Galaxy (Estados Unidos) já demonstrou interesse em contar com o atleta brasileiro em seu plantel.

"Não está sendo um período fácil para mim, mas estou cada vez mais forte mentalmente. Desejo triunfar aqui. Disse que estava disposto a encontrar uma solução para o clube e para mim, mas não conseguimos chegar a um acordo", encerrou Kaká.

Leia tudo sobre: real madridkakáespanhafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas