No Vasco, Gaúcho espera contar com Tenório contra o Duque de Caxias

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Desfalque do Vasco na vitória diante do Audax, Tenório está se recuperando de uma lesão na panturrilha esquerda e pode voltar ao time

O atacante Tenório, do Vasco da Gama, desfalcou o time no jogo com o Audax, mas o técnico Gaúcho espera poder contar com o jogador na partida do próximo domingo, contra o Duque de Caxias, em Macaé, que decidirá a classificação para as semifinais da Taça Guanabara. Tenório está no departamento médico se recuperando de um estiramento na panturrilha esquerda, mas existe a possibilidade de que ele tenha condições de voltar à equipe de São Januário.

Divulgação
Tenorio, atacante do Vasco

Caso Tenório continue vetado, o treinador vai manter Leonardo formando a dupla de ataque com Éder Luís. Durante o duelo diante do Audax, o meia Carlos Alberto, apontado como destaque por todos, chegou a pedir ao comandante a permanência de Leonardo, porque ele estava se entrosando bem com os companheiros de ataque.

Wendel: a diretoria do clube carioca ainda vai decidir a questão do meia Wendel, que recebeu o terceiro cartão amarelo no último jogo. O novo regulamento do Campeonato Carioca prevê que o clube poderá pagar R$ 500 (cumulativo) como punição por escalar o jogador. Caso o Vasco decida não pagar a multa, Wendel terá que cumprir a suspensão e Gaúcho deverá escalar outro atleta na posição. Neste caso, o volante Felipe Bastos é o mais cotado.

Confiança: depois de três jogos sem vitórias, o Vasco derrotou o Audax e depende apenas do seu desempenho para garantir a classificação para a próxima fase do primeiro turno do Estadual. E Gaúcho acredita que o time vai alcançar seu objetivo.

"A nossa equipe ainda está sendo formada, mas está evoluindo bastante e a cada dia que passa está se tornando mais forte, em todos os sentidos. Acredito que possamos passar para a próxima fase e dar trabalho aos favoritos", afirmou.

Para o treinador, o grupo deve continuar com os pés no chão e encarar o Duque de Caxias com respeito, apesar da posição da equipe da Baixada Fluminense, que ocupa a lanterna do Grupo B.

"Não podemos perder o foco. O Duque de Caxias não vem bem, mas tem excelentes jogadores e é um time que pode acertar de um momento para outro. Temos que trabalhar para que esse "acerto" não aconteça diante do Vasco", receitou.

Felipe Bastos: como as negociações com o Internacional foram interrompidas, o volante Felipe Bastos disse que está focado integralmente ao Vasco. O jogador não pode se transferir para outro clube enquanto não for julgada a ação impetrada por Romário, que pediu a penhora dos direitos de Éder Luís, Dedé e Felipe Bastos.

Bastos disse que não vai pensar em nada até que surjam fatos concretos. Ele analisou a partida diante do Audax e disse que o forte calor prejudicou os dois times no primeiro tempo, mas que o Vasco soube voltar mais objetivo para o segundo e liquidar o jogo.

Já Éder Luís, substituído na etapa complementar, afirmou que deixou o campo porque estava "muito cansado". O atacante fez questão de elogiar o adversário, assegurando que o time de São João de Meriti "sabe tocar a bola com categoria e sem usar violência", o que acaba obrigando o adversário a correr muito mais para superá-lo em função da boa técnica.

Leia tudo sobre: GaúchoWendelvascotenório

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas