Werley se nega a pensar em clássico e pede vibração ao Grêmio

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

"Nosso pensamento é só na Libertadores. Não temos que pensar no Gre-Nal agora, pois temos um jogo difícil com o Fluminense", disse o zagueiro

Gazeta Press
Werley comemora seu gol pelo Grêmio na partida contra o Veranópolis

Autor do gol da vitória do Grêmio sobre o Veranópolis, o zagueiro Werley ainda não pensa no Gre-Nal do próximo domingo, pelas quartas de final da Taça Piratini. Para o defensor, a prioridade agora é o Fluminense, adversário gremista na próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores da América, no Rio de Janeiro.

E mais: Em ritmo lento, Grêmio bate Veranópolis e encara o Inter nas quartas de final

"Nosso pensamento é só na Libertadores. Não temos que pensar no Gre-Nal agora, pois temos um jogo difícil com o Fluminense e precisamos de pontos fora de casa. Só a partir de quinta-feira é que vamos focar o clássico", garantiu o zagueiro, que jogará no Rio seu primeiro jogo pela Libertadores 2013, após cumprir suspensão nos três primeiros jogos do Tricolor na competição continental.

Werley minimizou o fato de o Grêmio ter tido mais uma atuação fraca neste domingo, mas pede a retomada da postura que levou a equipe ao 3º lugar no Brasileirão do ano passado: "não podemos criar um monstro aqui. Perdemos, mas não é por isso que está tudo errado. No ano passado nós perdemos alguns jogos e nos recuperamos, e tenho certeza que agora será igual. Temos que ter um pouco mais de vibração, pressionar o adversários, com todos correndo e se ajudando. Tendo isso, nossa qualidade é indiscutível", finalizou o zagueiro.

Leia tudo sobre: grêmiogaúcho 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas