Antes de clássico, corintianos provocam palmeirenses e pedem por Romarinho

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Gritos de "segunda divisão" e apelos para verem o "carrasco" em campo marcaram o pré-jogo no Pacaembu

Gazeta Press
Torcida corintiana provoca rivais antes de clássico no Pacaembu

Maioria no clássico deste domingo contra o Palmeiras, a torcida do Corinthians, mandante no Pacaembu, não poupou provocações ao rival antes mesmo de a bola rolar. Os palmeirenses foram recepcionados com gritos de "segunda divisão" e músicas para Romarinho, atacante que marcou três gols nos dois últimos encontros.

Deixe seu comentário para esta notícia

Menos de duas horas depois de serem abertos os portões do estádio, os corintianos já gritavam "ão, ão, ão, segunda divisão" para o setor visitante, que ainda tinha poucos palmeirenses presentes. Na sequência, passaram a usar palavrões para xingar a torcida alviverde.

Entre os gritos, um dos destaques foi a lembrança de Romarinho. Quase todo o estádio cantou "É Romarinho!", e logo depois alguns ainda entoaram que "Romarinho vem aí e o bicho vai pegar", embora o jogador comece no banco de reservas o clássico das 16 horas (de Brasília) deste domingo.

O atacante fez três dos seus oito gols no clube diante do maior rival. Só atuou em dois Derbys, ambos no Brasileiro do ano passado: fez os dois gols da virada por 2 a 1 no primeiro turno e abriu o placar na vitória alvinegra por 2 a 0, em setembro, quando comemorou em frente à torcida palmeirense e despertou a ira dos jogadores adversários.

Outro momento de festa para os corintianos ocorreu no aquecimento dos goleiros. Quando Cássio apareceu, a maioria dos presentes levantou para aplaudi-lo de pé. Será a primeira partida do camisa 12 desde sua decisiva atuação na final do Mundial, torneio no qual foi campeão e eleito o melhor jogador.

Os palmeirenses marcaram presença com batuques e seus tradicionais cantos de apoio à equipe. Eles tiveram direito a 2 mil ingressos, todos esgotados. Já os corintianos, em estimativas no Pacaembu, devem ter cerca de 33 mil presentes - a venda dos ingressos restantes se encerrou ao meio-dia deste domingo, com aproximadamente mil bilhetes 'encalhados'.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas