Novidade do Santos contra a Ponte, Léo estreia querendo provar que ainda é útil

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Lateral-esquerdo faz seu primeiro jogo no ano e tenta devolver a liderança ao time santista

Flickr oficial
Léo em ação no treino do Santos

As dores no joelho direito que fizeram o lateral esquerdo Léo se queixar durante todo o segundo semestre de 2012 já não existem mais. Submetido a uma artroscopia no final de novembro, o jogador de 37 anos estreará neste domingo, às 19h30 (de Brasília), quando o Santos visita a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli, e pensando em recuperar a liderança do Campeonato Paulista perdida na última rodada.

Deixe seu comentário para esta notícia

Derrotado pelo Paulista de Jundiaí em uma atuação apagada de seus principais jogadores no Pacaembu, o Santos, então com Guilherme Santos na esquerda, viu a Ponte Preta arrancar um empate do Ituano fora de casa, para atingir 15 pontos, e ultrapassar o time de Neymar na tabela de classificação. No duelo entre líder e vice-líder do Paulistão, em Campinas, o estreante da temporada quer provar que está totalmente recuperado.

"O problema no joelho me atrapalhou muito em 2012, mas agora isso já é passado. Não sinto mais nenhuma dor e estou confiante que essa temporada será bem melhor. A alegria é enorme por voltar a jogar e espero ajudar o Santos a conquistar uma grande vitória em Campinas e retornar à liderança do campeonato", contou Léo, satisfeito pela confiança do técnico Muricy Ramalho.

Apesar da condição de titular assegurada no esquema 4-5-1, o experiente lateral esquerdo acredita que não terá condições de permanecer em campo durante os 90 minutos por conta do reinício de temporada: "Treinei bem durante a semana, mas o jogo deve ser muito disputado e não sei se vai dar para jogar até o fim. Mas, enquanto estiver em campo, vou procurar fazer o meu melhor tanto na marcação quanto no apoio ao ataque".

Com um novo esquema tático adotado por Muricy em função da lesão do argentino Miralles, o Santos entrará em campo escalado da seguinte maneira: Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Renê Júnior e Marcos Assunção; Cícero e Montillo; Neymar.

Leia tudo sobre: SantosLéoPonte Pretapaulistão 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas