Premiação da Copa das Confederações aumenta em 14% e chega a R$ 39 milhões

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Fifa anunciou os valores que as oito seleções do torneio receberão por suas participações

Getty Images
Espanha, campeã europeia e mundial, vem ao Brasil

A Fifa anunciou nesta sexta-feira que a premiação total da Copa das Confederações de 2013 terá um aumento de 14% em relação à última edição, realizada na África do Sul, em 2009. No total, 20 milhões de dólares (aproximadamente R$ 39 milhões) serão distribuídos entre os participantes do torneio que acontece entre 15 e 30 de junho no Brasil.

Leia também: Mais de 86% dos ingressos da já foram comercializados

O vencedor da grande final da competição, que será realizada no Maracanã, no dia 30 de junho, receberá R$ 8 milhões, enquanto que o segundo colocado vai embolsar cerca de R$ 7 milhões.

Também no dia 30 de junho, em Salvador, a seleção que levar a melhor na disputa do terceiro lugar vai levar para casa R$ 5,8 milhões e o quarto colocado, R$ 4,9 milhões. As seleções eliminadas na fase de grupos também serão premidas, cada uma com R$ 3,3 milhões.

Em 2009, o Brasil foi o campeão da Copa das Confederações ao vencer os Estados Unidos na final da competição intercontinental por 3 a 2,  e embolsou cerca de R$ 7,33 milhões.

Com o fim da Copa Africana de Nações na última semana, todos os participantes da competição estão definidos. Os campeões africanos da Nigéria juntam-se a Espanha, campeã do Mundo, Itália, vice-campeã europeia, Japão, campeão asiático, México, campeão da Concacaf, Taiti, campeão da Oceania, Uruguai, campeão da Copa América, além do anfitrião Brasil.

*com Gazeta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas