Grêmio tentará retorno ao Olímpico após reclamações de Luxemburgo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

“Não é uma decisão fácil. Depende da Arena Porto-Alegrense (empresa criada para administrar o estádio) e da Conmebol", disse o presidente Fabio Koff

As críticas públicas feitas pelo técnico Vanderlei Luxemburgo ao gramado da Arena do Grêmio motivam o Tricolor a buscar a volta ao Estádio Olímpico nos dois jogos da fase de grupos da Copa Libertadores da América. O presidente Fábio Koff admitiu tentar o retorno ao velho estádio gremista, mas adverte que a decisão não depende apenas do próprio clube.

E mais: Luxemburgo critica gramado da Arena e sugere volta ao Olímpico por 30 dias

“Não é uma decisão fácil. Depende da Arena Porto-Alegrense (empresa criada pelo Grêmio e a construtora OAS para administrar o estádio) e da Conmebol. Nós inscrevemos os dois estádios na Conmebol para a disputa da Libertadores, mas indicamos inicialmente a Arena”, explicou Koff.

Confira: Grêmio decepciona e perde em casa para o Huachipato na Libertadores

Gazeta Press
Barcos marcou na estreia pelo Grêmio, mas a equipe perdeu do Huachipato em casa

O diretor de futebol Rui Costa também não vê problemas em retornar ao Olímpico para os dois jogos da fase de grupos, se for para a equipe render mais dentro de campo. “Não queremos transferir para o campo a derrota, mas o gramado contribuiu neste contexto de dificuldades que estamos enfrentando neste início na Arena. Se isso for vantajoso para o futebol, o interesse em mudar é total”, entende o dirigente.

Você acha que o Grêmio deve voltar a jogar no Olímpico? Comente e opine

Após a derrota por 2 a 1 para o Huachipato, nesta quinta, Luxemburgo criticou o gramado da Arena em sua entrevista coletiva e sugeriu um retorno por 30 dias ao Olímpico para que o piso se estabeleça em perfeitas condições. O próximo jogo do Grêmio em casa pela Libertadores será no dia 5 de março, contra o Caracas. Se quiser transferir o local desta partida, o clube gaúcho precisa informar a Conmebol até o dia 23 deste mês.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas