Time espera aproveitar o ritmo de jogo, pois já teve a primeira decisão na Libertadores, contra o Bolivar, e ainda está em ação pelo Paulista. Mineiros só jogaram duas vezes no ano

Ney Franco espera equilíbrio no primeiro jogo do São Paulo na fase de grupos da Libertadores
Site oficial/SPFC
Ney Franco espera equilíbrio no primeiro jogo do São Paulo na fase de grupos da Libertadores

Ney Franco não esconde de ninguém suas preocupações com o Atlético-MG na estreia da Copa Libertadores da América. Mas resolveu deixar suas soluções para superar o Galo trancadas a sete chaves ao fechar os dois treinamentos desta semana. Um trunfo, no entanto, o São Paulo faz questão de anunciar.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Com menos tempo para treinar, o Tricolor começou a temporada precisando arrumar o time às pressas para os confrontos da Pré-Libertadores contra o Bolívar e já está em clima de decisão. E como os mineiros entraram em campo apenas duas vezes em 2013, o treinador são-paulino espera tirar proveito dos pés mais calibrados.

Leia mais: Reforçados com campeões do mundo, Atlético-MG e São Paulo duelam em BH

"Estamos há mais tempo na temporada, inclusive na Libertadores. Já testamos nossa equipe e ela tem mais ritmo de jogo. Será um confronto muito equilibrado. Além de tentar neutralizar alguns pontos do Atlético-MG, precisamos que nosso time esteja numa noite feliz na parte técnica para acertar os passes. Eles se apresentaram uma semana depois, mas a gente já começou a temporada jogando. Acho que a gente pode usar isso de forma positiva.", analisou o comandante.

Para deixar o time ainda mais acertado para a estreia, Ney Franco usou os treinamentos com portões fechados para corrigir os problemas da defesa que levou oito gols nos últimos quatro jogos. Outro ponto que recebeu atenção do técnico foi o posicionamento ofensivo e defensivo nas bolas paradas.

E ainda: Veja análise de todos os brasileiros em ação na Libertadores 2013

A intenção é superar a premiada zaga formada por Réver e Leonardo Silva, que ainda recebe ajuda do centroavante Jô. "Nossa equipe tem um potencial muito grande para fazer gols de bola parada. Tivemos uma parte para ajustar a parte defensiva e finalizamos os treinos dando ênfase na parte ofensiva", revelou o treinador, que se mostra empolgado com o crescimento do time: "Nessa semana nossa equipe deu passo à frente. A equipe vai evoluindo e vejo que temos condições de fazer um jogo de igual para igual."Nas últimas semanas, Ney Franco colocou Corinthians, Atlético-MG, Fluminense e Grêmio em um estágio acima do que o São Paulo, compartilhando opinião do goleiro Rogério Ceni. Outro líder do elenco, o zagueiro Lúcio não se intimidou e contrariou o técnico e o capitão.

"Caímos num grupo difícil, sem dúvida, mas estamos no mesmo nível. É dentro de campo que as coisas se resolvem e eu sempre vou confiar mais no meu time. O São Paulo está no mesmo patamar dos outros, só depende da gente mostrar nossa qualidade e nosso potencial para poder vencer a competição", ressaltou o camisa 3, tentando elevar o moral dos companheiros para a estreia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.