Douglas Costa marca, mas Shakhtar cede empate ao Borussia no final

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Com o resultado, o clube alemão joga por um empate sem gols na partida de volta para garantir vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões

AP
Darijo Srna comemora depois de balançar as redes para o Shakhtar

Com um frio abaixo dos zero graus celsius na Arena Donbass, em Donetsk (Ucrânia), o Borussia Dortmund conseguiu arrancar um empate com o Shakhtar Donetsk, por 2 a 2, nos últimos minutos, e ir com ligeira vantagem para o jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

O primeiro tempo foi muito movimentado, mas o Borussia Dortmund tomou a maior iniciativa e controlou o meio-de-campo, com os habilidosos Reus, Götze, Kuba etc. e a referência do time, Lewandowski. Enquanto isso, o Shakhtar Donetsk apostou na velocidade do brasileiro Taison.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

E veio exatamente da cabeça de um brasileiro a primeira boa chance da partida. Aos 16 minutos, Reus cobrou escanteio na área e o zagueiro Felipe Santana subiu mais do que todos para testar a bola para o travessão adversário.

Aos 31, a resposta ucraniana veio: o lateral-direito Darijo Srna cobrou falta da intermediária e contou com a colaboração do goleiro Weindenfeller, que perdeu o tempo da bola, para abrir o placar. Mas foi aí que a estrela de artilheiro resolveu brilhar n a situação.

O atacante Lewandowski, após boa jogada de Götze pela direita, só teve o trabalho de escolher um canto de Pyatov, que nada pôde fazer, para deixar tudo igual em Donetsk. Com isto, o técnico Mircea Lucesco preferiu tirar Taison e colocar Douglas Costa, para arrumar o meio-campo.

Leia mais: Avião com torcedores de Borussia e Shaktar cai antes do jogo

A alteração surtiu efeito rapidamente, já que o meia, ex-Grêmio, fez tento importantíssimo para o Shakhtar, aos 23 do segundo: ele recebeu bola na entrada da área e, de primeira, chutou de voleio para garantir a vitória na Arena Donbass.

E quando a vitória ucraniana já era praticamente certeza, Schmelzer, em mais uma cobrança de escanteio, mandou a bola para a cabeça de Hummels, que não perdoou e deu números finais ao encontro.

Confira as fotos dos jogos desta quarta-feira da Liga dos Campeões:

Phil Jones, zagueiro do Manchester United, sobe para o cabeceio. Foto: APArbeloa tenta escapar da marcação de Kagawa. Foto: APJogadores disputam a bola levantada na área do Real Madrid. Foto: APDanny Welbeck comemora gol que abriu o placar para o Manchester United. Foto: APCristiano Ronaldo comemora de maneira discreta o gol do Real Madrid. Foto: APTaison tenta escapar do carrinho de Buba em ataque do Shakhtar Donetsk. Foto: Getty ImagesDarijo Srna cobra falta para marcar primeiro gol do Shakhtar Donetsk. Foto: Getty ImagesDarijo Srna comemora depois de balançar as redes para o Shakhtar. Foto: APLewandowski aparece na área do Shakhtar em ataque do Dortmund. Foto: AP


FICHA TÉCNICA:
SHAKHTAR DONETSK 2 X 2 BORUSSIA DORTMUND

Local: Arena Donbass, em Donetsk (Ucrânia).
Data: 13 de fevereiro de 2013, quarta-feira.
Horário: 17h45 (de Brasília).
Árbitro: Howard Webb (Inglaterra).
Assistentes: Michael Mullakey e Darren Cann (ambos da Inglaterra).

Cartão amarelo: Fernandinho (Shakhtar Donetsk).
Gols: Srna, aos 31 minutos do primeiro tempo, e Douglas Costa, aos 24 do segundo (Shakhtar Donetsk). Lewandowski, aos 43 do primeiro, e Hummels, aos 43 do segundo. (Borussia Dortmund).

SHAKHTAR DONETSK: Pyatov; Srna, Rakitskiy, Chygrynskiy e Rat; Hubschman, Fernandinho, Alex Teixeira (Eduardo), Mkhitaryan e Taison (Douglas Costa); Luiz Adriano.
Técnico: Mircea Lucescu.

BORUSSIA DORTMUND: Weidenfeller; Piszczek, Felipe Santana, Hummels e Schmelzer; Bender, Blaszczykowski (Schieber), Kehl, Götze e Marco Reus (Leitner); Lewandowski.
Técnico: Jürgen Klopp.


Leia tudo sobre: BorussiaShaktarLiga dos Campeões 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas