Assunção quer retomar aproveitamento de faltas do tempo de Palmeiras

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

"Na minha fase boa, de cada duas faltas, uma eu fazia gol", disse o volante, que fez sua estreia pelo Santos no último final de semana

Após fazer a sua reestreia com a camisa do Santos, o volante Marcos Assunção destacou que ainda precisa melhorar, em vários aspectos para render o seu melhor futebol na Vila Belmiro. O principal deles está na sua especialidade: as cobranças de falta. O experiente jogador não conseguiu balançar as redes, apesar de ter tido algumas oportunidades na derrota para o Paulista, no último domingo, no Pacaembu.

Gazeta Press
Marcos Assunção se prepara para bater falta na sua estreia pelo Santos

Assunção quer voltar a ter o aproveitamento que tinha em sua melhor época no Palmeiras. "Na minha fase boa, de cada duas faltas, uma eu fazia gol. Mas isso é fruto de treinamento e sequência de jogos também. Vai demorar um pouco ainda, mas espero que nem tanto", disse.

O veterano meio-campista acredita que o fato de contar com Neymar no time, alvo de marcação dura e muitas faltas dos adversários, pode ajudá-lo a chegar, rapidamente, ao seu ápice neste quesito. "Ele sofre faltas todos os jogos, mais de duas com certeza (risos). A nossa equipe é leve, não só o Neymar como outros também sofrem faltas. Com tantas faltas laterais, frontais e escanteios, a chance de fazer gol aumenta. Nesse ritmo que eu vi nos últimos jogos, pelo menos uma eu vou acertar", comentou.

Marcos Assunção também falou sobre a possibilidade de alternar as batidas de falta com a Joia. "Nas faltas chega uma hora em que a perna começa a ficar inchada. De tanto bater faltas, uma hora a perna não aguenta. Contra o Paulista foi assim, principalmente porque o campo estava pesado (por conta das fortes chuvas que caíram em São Paulo). No fim, as bolas laterais nem estavam subindo mais na área. Daí, de tanto bater, achei melhor trocar uma hora. E o Neymar bate muito bem na bola, tem muita qualidade. Algumas vezes eu vou estar cansado, então é bom ter esse segundo jogador para bater com eficiência também", encerrou.

Leia tudo sobre: santosmarcos assunçãopaulistão 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas