Com Recoba e Loco Abreu, tricampeão Nacional estreia na Libertadores

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Tricampeão do torneio, tradicional clube uruguaio aposta em veteranos para não fazer feio

AFP
Recoba tem 36 anos e é ídolo do Nacional

O Nacional, do Uruguai, tricampeão da Libertadores (1971, 1980 e 1988) estreia nesta terça-feira no torneio contra o Barcelona, de Guayaquil, em Montevidéu, às 20h (de Brasília).

Leia também: Fase de grupos começa e Brasil tenta manter hegemonia no torneio

A equipe aposta na parceria entre os veteranos Álvaro Recoba e "Loco" Abreu, ambos com 36 anos, para ao menos não fazer feio nesta edição do torneio. Em 2012, a equipe não avançou sequer às oitavas de final sendo eliminada por Vasco e Libertad.

Recoba e Abreu jogaram por anos na seleção uruguaia (o atacante ainda é convocado regularmente) e sempre tiveram identificação com o Nacional. Com mais sucesso na Europa, Recoba jogou de 1997 a 2008 na Inter de Milão e passou por Venezia e Torino antes de voltar ao Uruguai para defender o principal rival do Peñarol.

Abreu deixou o Botafogo de forma tumultuada e foi acusado pelo técnico Oswaldo de Oliveira de não ser um bom exemplo para elenco do time carioca. O atacante disse que só deixou o Botafogo porque o técnico quis assim, mas foi rebatido por Oswaldo e pelos diretores do clube, que afirmaram que ninguém mais o queria mais em General Severiano.   

Neste ano, o Nacional também vai encarar rivais de peso na fase de grupos. Na chave 1, a equipe tem além do Barcelona de Guayaquil, campeão equatoriano, o Boca Juniors, atual vice da Libertadores e seis vezes campeão do torneio e Toluca, do México. 

Divulgação/Nacional
Loco Abreu voltou ao clube do coração depois de ser dispensado pelo Botafogo

Leia tudo sobre: nacionallibertadores 2013Guayaquilloco abreurecoba

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas