Recém-chegado ao clube, meia classifica setor ofensivo como "um dos mais fortes" e prevê briga intensa por titularidade no time

Diego Souza, meia do Cruzeiro
Divulgação/Facebook Cruzeiro
Diego Souza, meia do Cruzeiro

O Cruzeiro não poupou esforços para reforçar seu setor ofensivo nesta temporada. A diretoria trouxe Diego Souza, Luan, Ananias, Dagoberto, Everton Ribeiro, Lucca e Ricardo Goulart, que se juntam a Borges, Anselmo Ramon, Martinuccio, Vinícius Araújo, Alisson e Élber na missão de fazer gols.

Animado com o elenco do Cruzeiro, Diego Souza ressalta a força do ataque: "acredito que é um dos mais fortes". O meia, no entanto, sabe que ninguém tem a titularidade garantida.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Certamente será uma briga sadia e quem mais sai ganhando com isso é o técnico Marcelo Oliveira e o Cruzeiro, que possui um bom elenco para a temporada", afirmou o meia, que chegou com moral a Belo Horizonte, sendo bem recebido pelo torcedor cruzeirense, mesmo após sua passagem pelo rival Atlético-MG.

Destaque do elenco, Diego Souza sabe da responsabilidade que carrega consigo. "Isso é fruto de um trabalho que fiz nos outros clubes em que passei. Será um privilégio vestir a camisa 10 do Cruzeiro e espero honrar conquistando vitórias e títulos para os cruzeirenses".

Ainda sem contar com o jogador, Marcelo Oliveira optou por jogar com três homens no meio e um mais adiantado. Nos dois primeiros jogos, o treinador escalou Everton, Ricardo Goulart, Everton Ribeiro e Anselmo Ramon para formar o quarteto ofensivo.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.