Ney Franco motiva elenco e comemora entrega para vencer o Guarani

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Durante a preleção no estádio, treinador mostrou aos atletas a tabela da do Paulistão para mostrar a força do São Paulo, que tem dois jogos a menos

Site oficial/SPFC
Ney Franco, técnico do São Paulo

Devido aos dois confrontos contra o Bolívar pela Libertadores, o São Paulo está com duas partidas atrasadas no Campeonato Paulista. E mesmo com a defasagem em relação aos adversários, o time se mantém próximo aos líderes, fato que foi usado pelo técnico Ney Franco para motivar os jogadores antes de enfrentar o Guarani neste sábado.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Durante a preleção no estádio Brinco de Ouro da Princesa, o comandante mostrou aos atletas a tabela da competição para mostrar a força do elenco. Além de ainda precisar enfrentar São Caetano e União Barbarense, o time do Morumbi conseguiu vencer mesmo quando utilizou os reservas, fórmula repetida com sucesso na vitória por 2 a 1 sobre Atlético Sorocaba e, agora, Guarani.

"Não podemos esquecer do Paulista. Mesmo com dois jogos a menos, começamos a rodada com sete pontos a menos do que os líderes. E não deixamos o grupo da frente se distanciar. Temos que fazer esses dois jogos e esperar um tropeço de Santos e Ponte Preta para tentar a liderança. Estamos levando o troneio usando o regulamento, sabendo que se classificam oito e temos certeza que conseguiremos isso. Mesmo assim tentaremos o primeiro lugar", afirmou o treinador, descartando atenção exclusiva à Libertadores.

Além do triunfo, a preleção de Ney mexeu com a postura dos jogadores, que entraram em campo dispostos a encerrar com um incômodo jejum: "Eram três jogos sem ganhar, e mesmo sendo jogos com grau de dificuldade elevado, um time grande não pode querer justificar esse jejum. Mesmo jogando com um jogador a menos, todos se entregaram e mostraram estar focados."

A dedicação dos comandados agradou tanto ao chefe, que nem mesmo a falta de pontaria de Aloísio pareceu incomodar. O atacante até anotou seu primeiro gol com a camisa do São Paulo, mas perdeu quatro grandes chances de gol que poderiam ter tornado a vitória mais tranquila em um jogo truncado.

"O Aloísio é um jogador que vai evoluir muito conosco. Ele tem essa ânsia de mostrar futebol em alguns momentos, mas hoje fez um bom papel tático e ajudou na marcação. Sempre que ele entrou, entrou bem, mas sabemos que ele ainda tem espaço para crescer", alertou Ney Franco durante a entrevista coletiva.

De folga neste domingo de carnaval, o elenco são-paulino se reapresenta na segunda-feira para dar sequência aos preparativos para enfrentar o Atlético-MG na estreia do grupo C da Libertadores. Se não tem desfalques para a competição continental, o treinador ganhou um problema para a volta do Paulistão diante do Ituano. Expulso contra o Guarani, o argentino Marcelo Cañete é ausência certa.

*Com Gazeta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas