Muricy pode ampliar folga de carnaval em caso de vitória do Santos no domingo

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico santista criticou a mudança do dia da partida de sábado para domingo e quer dar repouso aos atletas, para evitar futuras contusões

O Santos entra em campo diante do Paulista, neste domingo, a partir das 17 horas (horário de Brasília), no Pacaembu, em busca de mais uma vitória no Paulistão. O confronto com o Galo do Japi, entretanto, pode dar aos atletas do Peixe o benefício de uma folga maior no feriado de carnaval. O técnico Muricy Ramalho acena com essa possibilidade.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Alan Morici / Agência O Dia
Muricy Ramalho, técnico do Santos

"O grande problema é que esse jogo era sábado (na Vila Belmiro) e, quando mudaram, não sabiam que a gente já tinha uma programação definida. Estamos pesando o desgaste de alguns jogadores que estão próximos de lesões musculares. Nos outros anos sofremos demais com isso, então estamos tomando cuidados. O cuidado agora é repouso, de pelo menos dois dias. Era uma maneira de recuperar os jogadores, mas caiu para um dia. Conforme o resultado, nós podemos mudar para dois dias novamente", explicou Muricy.

Leia mais: Muricy confirma Dracena e Assunção entre titulares contra Paulista

O cansaço muscular de alguns jogadores é a maior preocupação do treinador santista neste início de temporada. Por isso, Muricy Ramalho vem sempre retirando algumas peças do time titular, em algumas rodadas, visando contar com todos em boas condições.

No compromisso com o Paulista, o comandante alvinegro irá poupar o zagueiro Neto e o volante Renê Júnior. O capitão Edu Dracena e o experiente Marcos Assunção, um dos reforços contratados para a temporada 2013, serão titulares.

Dracena está recuperado de uma lesão ligamentar no joelho esquerdo, sofrida em julho do ano passado, e pronto para reassumir o posto na zaga do Santos, ao lado de Durval. Já Assunção retornou ao clube no início deste ano e também está apto a jogar, depois de se curar de dores no joelho direito, que lhe incomodavam desde o final de sua passagem pelo Palmeiras.

Leia tudo sobre: SantosMuricy Ramalhocarnavaligsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas