Volante quer aproveitar a lacuna deixada pelo companheiro e ganhar mais chances como titular do São Paulo

A transferência de Casemiro para o time B do Real Madrid abriu espaço para outro garoto da base subir na hierarquia do elenco do São Paulo. Alçado ao grupo principal desde 2011, Rodrigo Caio vê a saída do concorrente como uma oportunidade para brigar por espaço até entre os titulares.

Rodrigo Caio, volante do São Paulo
Vipcomm
Rodrigo Caio, volante do São Paulo

"Fico feliz pelo Casemiro (ter chance na Espanha), é um amigo que veio comigo da base. E isso (transferência) foi muito bom para mim também, porque é um espaço que se abriu e vou aproveitar o máximo possível", afirmou.

Aos 19 anos, Rodrigo Caio tem no currículo 29 partidas pelos profissionais, sem ter marcado gol ainda. Atualmente, o garoto é reserva imediato de Wellington e Denilson e se sente em condições de brigar pela posição.

"Eu amadureci muito nesses anos entre os profissionais. Aprendi muita coisa e agora chegou meu momento, é a hora de mostrar que tenho condições de ser titular do São Paulo. Quero entrar bem, para sempre estar na cabeça do técnico", acrescentou.

Rodrigo Caio será titular neste sábado, contra o Guarani, porque Ney Franco poupará a equipe principal para a partida contra o Atlético-MG, na quarta-feira, pela Copa Libertadores. O atleta espera mostrar serviço para ganhar outras chances na temporada.

"Vou procurar trabalhar o máximo possível e acho que com muito esforço vou conseguir jogar. Mas, para isso, preciso de mais oportunidades e estar bem também quando tiver a chance", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.