Técnico palmeirense elogiou a consistência da equipe, apesar das oscilações durante a vitória diante do Atlético Sorocaba

Gilson Kleina celebrou a vitória palmeirense diante do Atlético Sorocaba
Gazeta Press
Gilson Kleina celebrou a vitória palmeirense diante do Atlético Sorocaba

No primeiro tempo, o Palmeiras construiu a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético Sorocaba e acertou uma bola na trave. Após o intervalo, torcedores que estavam animados chegaram a xingar a postura do time e também Maikon Leite pelos gols que perdeu. A atuação na etapa final, porém, foi vista como virtude por Gilson Kleina.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Nos dois tempos, a equipe foi consistente. De repente, pode ter oscilado na parte ofensiva, mas porque esteve tranquila, trabalhou a bola com paciência. Estávamos acelerando demais nos outros jogos", comentou o técnico, amplamente satisfeito com o que viu nesta quinta-feira no Pacaembu.

Leia mais: Sem Valdivia, Barcos arma, Henrique vira artilheiro e Palmeiras vence

"Chamou atenção a desenvoltura da equipe. Quando roubou a bola e não conseguiu atacar, teve cadência diante de um adversário que marca atrás da linha da bola, apostando no nosso erro. Só tomamos contra-ataque quando forçamos a bola por lado. Quando atacamos pelos lados, com movimentação intensa dos homens da frente, dificultamos a marcação e fizemos os gols", completou.

A declaração do comandante tem a ver com a pressão que aumentou com a derrota para o Penapolense, no dia 27, e o empate de domingo com o XV de Piracicaba, assegurado com gol de Henrique nos acréscimos. O treinador sabe que só a conquista frequente de três pontos pode aliviar o ambiente, por isso prestigia seus jogadores.

"Neste momento, é importante a vitória, administrar o resultado. E não se abrir e se expor, atacando de qualquer de jeito. Mesmo trabalhando a bola, com cautela, tivemos duas, três chances para ampliar. Fico feliz mais uma vez pela evolução e a consistência de jogo", insistiu.

Para o elenco, a importância serve também porque o jogo diante do Atlético Sorocaba foi o último como mandante antes da estreia na Libertadores. No domingo, o time visita o Mogi Mirim, ainda pelo Campeonato Paulista, e na próxima quinta-feira recebe o Sporting Cristal, do Peru, no Pacaembu.

"É muito importante essa vitória perto da estreia na Libertadores. Empatamos na última partida, mas estamos muito bem. Agora, vamos trabalhar tranquilo, porque domingo é mais uma final para nós e na semana que vem já tem Libertadores", afirmou Barcos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.