Jogador da Ponte Preta saiu da lateral-direita e foi deslocado para a meia no time campineiro

Cogitado para reforçar Palmeiras e Fluminense ao término da última temporada, o lateral-direito Cicinho optou por ficar na Ponte Preta e dar sequência ao bom trabalho realizado em 2012. Neste ano, com a chegada de Artur, o atleta foi deslocado pelo treinador Guto Ferreira para atuar no meio-campo e se tornou peça importante na armação de jogadas. Adaptado a nova função, o camisa dois projeta evoluir nesta posição ao longo do Campeonato Paulista.

"Já estou bastante adaptado ali no meio e sempre que precisar, seja na lateral ou no meio, estou à disposição. Claro que joguei quatro anos na lateral e às vezes sinto uma saudade. Mas se estou ajudando mais no meio de campo vou procurar fazer meu máximo para render cada vez mais nesta posição", disse.

Com o deslocamento de Cicinho para o meio-campo, o sistema defensivo da Ponte Preta passou a ser formado por Artur, Cleber, Ferron e Uendel. A alteração realizada por Guto Ferreira aumentou a solidez da zaga alvinegra, que foi superada apenas uma vez nas seis partidas que disputou no torneio estadual, obtendo média de 0,16 gols levados por jogo e se garantido como melhor defesa da competição.

"Nossa defesa dispensa comentários. A linha de quatro, junto com os dois volantes, é de extrema importância ao time. Eles marcam forte e não deixam chegar na nossa defesa, pois estão sempre bem postados", explicou Cicinho.

Invicto no Campeonato Paulista (quatro vitórias e dois empates), o clube de Campinas ocupa a segunda colocação na tabela de classificação, com 14 pontos, e está atrás do Santos, que leva vantagem no número de saldo de gols (8 a 6). O próximo compromisso da Ponte Preta no torneio regional será realizado neste sábado, às 19h30 (de Brasília), quando o time alvinegro mede forças com o Ituano, no estádio Novelli Júnior.

"Estamos focados no trabalho que estamos fazendo. Tanto é que estamos dividindo a liderança do campeonato. É óbvio que, pelo que estamos fazendo vai ter assédio, todos virão com muita força contra nós. Vamos procurar trabalhar forte para que isso não nos atrapalhe e continuemos focados no nosso objetivo, que é chegar às finais do Paulista", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.