Goleiro são-paulino está recuperado de dores no ombro esquerdo e deve retornar ao time neste sábado, contra o Guarani

O técnico Ney Franco não acha necessário que Rogério Ceni volte a jogar neste sábado, mas a vontade do goleiro deve prevalecer no São Paulo. Recuperado de dores no ombro esquerdo, o capitão assumiu sua vaga na equipe que enfrenta o Guarani, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, pelo Campeonato Paulista.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Rogério Ceni volta a jogar pelo São Paulo contra o Guarani
Divulgação
Rogério Ceni volta a jogar pelo São Paulo contra o Guarani

Assim como o treinador anunciou no início da semana, o restante da equipe será formado apenas por reservas, já que os titulares serão preservados para o jogo contra o Atlético-MG, quarta-feira, pela Copa Libertadores da América. Ney achava importante preservar também Rogério, mas o capitão demonstrou a intenção de retornar.

O capitão começou a reclamar das dores no ombro esquerdo na manhã de sábado, quando passou por uma ressonância magnética, que constatou uma inflamação, ficando fora contra Santos e Ponte Preta. O médico do clube, José Sanchez, confirmou que o goleiro não sente mais dores desde que voltou a treinar na quinta.

O restante da equipe tem como principal nome o meia Paulo Henrique Ganso, que volta a iniciar uma partida pelo Tricolor. Na lateral direita, Ney Franco improvisou o zagueiro João Filipe.

Desta forma, o São Paulo foi escalado com Rogério Ceni; João Filipe, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Rodrigo Caio, Maicon e Paulo Henrique Ganso; Cañete, Ademílson e Aloísio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.