Cruzeiro supera América T.O. e soma segunda vitória seguida no Mineirão

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Time do técnico Marcelo Oliveira mantém invencibilidade e 100% de aproveitamento no estádio recém reinaugurado

Depois de estrear com o pé direito no Campeonato Mineiro, vencendo o clássico contra o arquirrival Atlético-MG, o Cruzeiro voltou a somar mais três pontos nesta quarta-feira. A Raposa encarou o América-TO, no Mineirão, e não tomou conhecimento do adversário, colecionando mais uma vitória, 2 a 0, que garante a liderança do Estadual de forma isolada, com seis pontos.

Desde o primeiro minuto o time do técnico Marcelo Oliveira tomou as rédeas do jogo, mas só conseguiu abrir o placar no finalzinho do primeiro tempo, com um belo gol de letra, anotado pelo avante Anselmo Ramon, que aproveitou cruzamento perfeito de Ceará. No começo do segundo tempo Dagoberto ampliou cobrando pênalti.

Vipcomm
Ceará, do Cruzeiro, recebe marcação no confronto com o América de Teófilo Otoni

Na sequência do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro vai visitar o Guarani, que mudou de sede, e agora manda seus jogos na Arena do Calçado, em Nova Serrana. Já o América-TO vai atuar em casa, recebendo o Tombense. Devido à pausa de Carnaval, a segunda rodada do Mineiro tem jogos marcados para os dias 16 e 17 de fevereiro.

O jogo

Atuando no Mineirão, o Cruzeiro começou a todo o vapor contra o América-TO, buscando o gol de abertura do placar ainda nos primeiros minutos. Sentido a pressão, o técnico Gilmar Estevam não titubeou e recuou as linhas marcação do Dragão, para conter o ímpeto celeste. A Raposa seguiu insistindo e dando muito trabalho para a defesa do time de Teófilo Otoni.

Sem conseguir trocar passes para ameaçar o goleiro Fábio, o América-TO quando chegou, foi em bolas alçadas para a área da intermediária, ou em lances de bola parada. A movimentação de Everton Ribeiro e a velocidade de Everton, Ricardo Goulart e Egídio envolveram o Dragão em vários momentos do jogo, dando ao Cruzeiro o controle da partida.

Isolado no ataque cruzeirense, o avante Anselmo Ramon foi o atleta que menos correu na Raposa, porém, recebeu boas assistências para balançar as redes, participando ativamente da partida. O novo desenho tático da equipe armado pelo técnico Marcelo Oliveira, mostrou uma espécie de futebol solidário, com toques rápidos, dando dinamismo ao jogo.

Aos 30, o volante Everton resolveu arriscar arremate da entrada da área que assustou Eládio, que viu a bola passar muito perto da trave direita, em mais um bom momento do Cruzeiro, que apesar da pressão, pecou um pouco no passe final. Aos 33, Anselmo Ramon perdeu gol em cima da linha da pequena área, mandando sobre o travessão.

De tanto insistir, o time celeste finalmente abriu o placar aos 41, com Anselmo Ramon, que aproveitou cruzamento perfeito do lateral Ceará para mandar para as redes do Dragão, com um belo toque de letra. No retorno para a etapa complementar, o cenário da partida permaneceu o mesmo do primeiro tempo, ou seja, o Cruzeiro com as rédeas do jogo.

Logo aos três minutos, Everton tentou jogada individual, e o árbitro Marcos Vinícius de Sá dos Santos enxergou um toque de mão do zagueiro do América-TO, marcando pênalti para a Raposa. O atacante Dagoberto, que havia acabado de entrar, fez a cobrança deslocando o goleiro Eládio e ampliando o marcador em favor do time cruzeirense.

Mesmo com uma boa vantagem no placar, o Cruzeiro continuou agredindo o time do Vale do Mucuri, perdendo várias chances de transformar o resultado em uma goleada. Aos 20, Everton tabelou com Dagoberto e saiu na cara do gol, mas a zaga do Dragão conseguiu aliviar o perigo.

Somente no final da partida é que o América-TO tentou timidamente diminuir a contagem, buscando pelo menos um gol de honra. Aos 37, Luizinho arriscou arremate de longa distância que obrigou Fábio a se esticar todo para defender, na melhor oportunidade dos visitantes em todo o jogo, que ficou mesmo no 2 a 0, favorável aos cruzeirenses.

FICHA TÉCNICA - CRUZEIRO 2 X 0 AMÉRICA T.O.

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 06 de fevereiro de 2013 (quarta-feira)
Horário: 22h (horário de Brasília)
Árbitro: Marcos Vinícius de Sá dos Santos (CBF/FMF)
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes (CBF/FMF) e Luiz Antônio Barbosa (CBF/FMF)
Cartões amarelos: (Cruzeiro) Everton Ribeiro (América-TO) Daniel

Gols:
Cruzeiro: Anselmo Ramon, aos 41 minutos do primeiro tempo; Dagoberto, aos quatro minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Paulão, Bruno Rodrigo e Egídio (Alisson); Tinga, Everton, Nilton, Ricardo Goulart (Dagoberto) e Everton Ribeiro; Anselmo Ramon (Vinícius Araújo)
Técnico: Marcelo Oliveira

AMÉRICA T.O.: Eládio; Iran (Edilson), Élder, Rodrigo Sena e Daniel; Felipe Dias, Matheus Gonzaga (Nilo), Luisinho e Luciano Mourão; Erivelto e Almir
Técnico: Gilmar Estevam

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas